• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 89 : Esqueça o Amanhã



    Título: Esqueça o Amanhã
    Autor: Pintip Dunn
    Páginas: 384
    Editora: Galera Record
    Ano: 2017
    Adicione no Skoob

       Hoje trago pra vocês a resenha de Esqueça o Amanhã, livro de estreia de Pintip Dunn e que ganhou no ano passado o RITA Award for Best First Book, premiação para o melhor primeiro livro de um autor. O livro é o primeiro volume de uma série, e pelo que vi por aí parece que ainda teremos um spin-off. Confesso, que desde que bati o olho na sinopse da obra, me envolvi por completo e fiquei super curiosa sobre esse enredo tão original, e é claro, iniciei a leitura cheia de expectativas!
       O livro se passa no futuro,  em uma época super moderna, onde todas as pessoas ao completar dezessete anos recebe sua visão do futuro. Essa visão, nada mais é do que um fragmento de memória enviado do futuro para moldar todo cidadão na pessoa que virá a ser. Dessa forma, as pessoas abandonam suas ambições, seus sonhos impossíveis, pois, ao receberem sua memória do futuro, elas tem a certeza do que vão se tornar futuramente, seja um campeão de natação, um renomado cientista, um dedicado professor, entre outros. Assim, a população dedica todos os seus esforços baseando-se no que é correto, em sua memória do futuro.
       E em meio a toda essa modernidade conhecemos Callie, uma garota que enfrenta toda a ansiedade da véspera do recebimento de sua memória do futuro. Dedicada, boa filha e tendo um dom fascinante pela culinária, todos sempre imaginavam que Callie descobriria ser uma renomada chef de cozinha. Porém, o futuro acaba não sendo tão belo, e em sua visão, Callie se vê matando a própria irmã, e o pior é que antes mesmo de processar e tentar entender esse absurdo (ela jamais magoaria a pequena Jessa), Callie é presa. A única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixão de infância, com quem não troca uma palavra há anos. Mas, será que ela realmente pode confiar nele? Afinal, ele tem os próprios segredos... que podem separá-los para sempre.
       Em fuga, não apenas do governo, mas, do coração e, pior, do próprio destino, ela precisa descobrir um modo de proteger a irmã da pior das ameças: a própria Callie.

       Esqueça o Amanhã é um livro que mistura distopia, suspense e até romance adolescente! Achei a ideia central bastante original, porém, infelizmente, senti que a autora em certos momentos meio que se perdeu na história e em tantas informações sobre as mensagens do futuro, sendo assim, a história seguiu para outros rumos, diferente do que imaginei no início da leitura. A narrativa é narrada em primeira pessoa e é também super fluída, e por mais que traga esses elementos exóticos, é de fácil entendimento.
      Apesar de ser um livro repleto de aventura e suspense, a leitura é acima de tudo angustiante, pois, percebemos que nesse futuro moderno as pessoas perderam o essencial da vida, como o amor e carinho. As autoridades apresentam as memórias do futuro como algo benéfico, porém, fica bem claro que não é bem assim, as pessoas acabam perdendo a essência da vida, e ao receber fragmentos do futuro é como se elas recebessem sua vida já vivida. E em troca de segurança, elas acabam abrindo mão de sonhos, esperança e de qualquer outra possibilidade de amor e felicidade. Dessa forma, fica óbvio que essas pessoas viveriam melhor sem essas memórias, e é claro, seria muito mais saudável se elas esquecessem o futuro e vivesse simplesmente o presente.
      Por mais que tenha me esbarrado em alguns pontos negativos na obra, como a falta de foco, Pintip Dunn acabou me surpreendendo positivamente na finalização de Esqueça o Amanhã, já tinha criado teorias e estava certa de que acabaria de tal jeito, mas, no final ela mudou completamente o rumo da história e ainda deixou um gancho para o próximo volume. Posso dizer que gostei bastante do final, e espero ansiosamente pelo segundo volume.
       Enfim, Esqueça o Amanhã é uma leitura com altos e baixos, mas, que ainda recomendo para os leitores que curtem o gênero. A leitura é envolvente, e por mais que a autora tenha se perdido na história, a ideia não deixa de ser original.


    22 comentários :

    1. Oi tudo bom?
      Compraria esse livro só pela capa <3 Amo histórias que a gente não dava quase nada e elas nós surpreende no final, talvez eu de alguma chance algum dia.

      Beijos

      ResponderExcluir
    2. Olá
      Adorei poder conferir suas impressões a respeito desse livro que envolve tantos elementos que eu amo, em especial pela distopia. E ah, sou apaixonada por essa capa! É um título que já esta na minha lista de desejados, desde que soube do seu lançamento, e depois porque só leio bons comentários, assim como na sua resenha, que me deixou ainda mais motivada e instigada para conhecer essa trama, que parece ser bem envolvente, apesar dos altos e baixos né.. Acho que irei adorar e não vejo a hora de ter meu exemplar em mãos!
      Boas leituras :)
      Beijos, F
      www.segredosemlivros.com

      ResponderExcluir
    3. Originalidade é o que não falta nessa história e saber o futuro é uma coisa tão louca que a pessoa deixa de viver o presente...intrigante o livro gostei da resenha sucesso bjs

      ResponderExcluir
    4. Nunca ouvi falar do livro, mas fiquei super curiosa pra conferir, pois amo distopias, e essa tem uma premissa bem louca e diferente de tudo que li e quero saber como o autor vai trabalhar isso. Vou até relevar o ponto negativo que você apontou e colocar na wishlist assim mesmo, pois fiquei muito curiosa mesmo!
      Valeu pela dica!

      Virando Amor

      ResponderExcluir
    5. Olá! Interessante livros que consegue mistura um pouco de tudo. Pena que a autora se prendeu em algumas coisas e acabou indo para um rumo que você não esperava e não curtiu muito. Que bom que flui bem a leitura e é de fácil entendimento. Apesar de tudo, que bom que o final te surpreendeu positivamente.

      ResponderExcluir
    6. Olá Di,
      Ainda não conhecia esse livro, mas não fiquei interessada em fazer a leitura, pois não gosto de livros que não tem foco, acho isso importantíssimo para a trama. Entretanto, não posso negar que a ideia do livro é interessante. Associei a leitura como andar de montanha russa - cheia de altos e baixos.
      Vou passar a dica, apesar de sua resenha estar extraordinária.
      Beijos

      ResponderExcluir
    7. Olá!

      Esse livro está na minha lista de desejados e a sua resenha aguçou ainda mais a minha curiosidade para lê-lo! Amei saber que além de distopia, o romance também está presente e essa pitada de suspense parece ser a cereja do bolo, preciso ler!

      Beijos
      Jess

      ResponderExcluir
    8. Oi, Diane

      Eu acho essa capa linda e acho a ideia do livro bem legal. Imagina receber "memórias" do futuro? Saber o que vai acontecer... acho que seria uma vida muito sem graça!
      Que pena que você achou que a autora perdeu o foco, vamos torcer para que isso não ocorra na sequência!

      Beijos

      ResponderExcluir
    9. Olá!Tudo bem?

      Adorei a resenha e sua opinião sobre a obra. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, aliás, nunca tinha ouvido nada sobre ele, você acabou de me indicar um livro e com certeza vou adicioná-lo na minha lista de desejados.
      Li no seu post que a autora perdeu o foco em algumas partes, mas quando a obra tem uma boa finalização, podemos relevar esse tópico haha.

      Parabéns pelo post. Beijão!!!
      http://bloggmundodoslivros.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    10. Olá Diane,
      a premissa do livro é ótima, me lembrou um pouco Minority Report. Te todas as lições da vida, "Viva o presente e ore pelo futuro." pra mim ainda é a melhor. O futuro é incerto e uma decisão mínima é capaz de mudá-lo, não há como prever.
      Apesar da sua opinião, espero ter a oportunidade de lê-lo.

      PS: a capa me chamou muito a atenção. Linda demais!

      Beijos,
      Anne
      Fadas Literárias

      ResponderExcluir
    11. Oi, Diane!
      Não conhecia o livro, mas gosto muito de distopias então acho que seria uma boa leitura. Gostei porque parece ter uma boa dose de romance e mesmo você citando que autora se perdeu um pouco na história fiquei curiosa. Já coloquei na lista de futuras leituras!

      Beijos,

      Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

      ResponderExcluir
    12. Olá!!!

      Esse livro está na minha lista já, mas simplesmente pela capa que eu achei linda (me julgue), mas sua resenha só reforçou a ideia de que " preciso ler". por mais que eu goste não leio o gênero desde que terminei Convergente (decepção) e será ótimo voltar a ele por uma história original (ou quase isso) e envolvente. Espero gostar muito da leitura como você.

      Beijos e Sucesso

      ResponderExcluir
    13. Olá!

      Que maravilha de resenha e que maravilha de trama. Eu acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro e eu não poderia estar mais satisfeita por conhecer essa trama. Confesso que me deixa um pouco angustiada essa realidade de receber uma memória do futuro, principalmente esse tipo de memória que a Callie recebeu. Prendi a respiração quando li. Já estou colocando esse livro na lista de desejados. Obrigada pela dica!

      Ingrid Cristina
      Plataforma 9 3/4

      ResponderExcluir
    14. Oie amore,

      Que capa mais linda!!!
      Só pela capa já quero... ao ler sua resenha fiquei ainda mais curiosa pela leitura.
      Adoro essas histórias que se passam no futuro, então acredito que vou curtir bastante a leitura.

      Beijokas!

      ResponderExcluir
    15. Oi Diane, como está?
      Primeiramente, é com prazer que volto a esse excelente blog, ^^.
      Segundo, essa é mais uma resenha que leio desse livro e com certeza concordo com os pontos que tu colocou até porque pensei nesses mesmos quando li sobre esse livro pela primeira vez.
      Abraços e beijos da Lady Trotsky...
      http://rillismo.blogspot.com

      ResponderExcluir
    16. Ola!
      Eu não conhecia esse livro, mas fiquei mega curiosa, Distopia não é um doa meus gêneros favoritos, mas eu sempre tento estar lendo.
      Parabéns

      Beijos
      Leitora Dramática
      http://blogleitoradramatica.blogspot.com.br/?m=0

      ResponderExcluir
    17. Olá!
      Eu ainda não conhecia essa obra, mas fiquei super curiosa por se tratar de uma distopia, que é um dos meus gêneros favoritos. Gostei que a história não acabou indo para um rumo previsível e acho que, apesar dos pontos negativos, parece ser um ótimo livro de estreia.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    18. Oie, essa pegada mais distópica infelizmente não me prende por isso não tive vontade de ler essa obra, mas bacana ver que ela te prendeu, embora tenha sido diferente do que você esperou inicialmente e que a autora ainda conseguiu acabar tudo de uma boa forma. Tomara que o próximo volume seja bom

      ResponderExcluir
    19. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    20. Oi, preciso confessar que eu já tinha visto essa capa e ficado muito interessada, mas não tinha lido sobre o que se tratava a história e uau! Confesso que eu não sei se iria gostar de saber sobre o meu futuro, justamente por causa do que você falou, já sabendo o que vai acontecer o pessoal não luta pelos seus sonhos, a vida acaba perdendo a graça que ela tem... Então não sei, eu acho que prefiro não saber kk Quanto as perdas de foco, espero que a autora saiba remediar isso nos próximos, porque realmente tem um enredo muito interessante e é bem legal esse lance dela fugir, ter que contar com alguém que ela não tem contato e tudo mais. Eu não vou ler por agora porque não to lendo séries cujas continuações não tenham sido lançadas ainda, mas vou deixar anotada para ler no futuro! E que a autora possa continuar te surpreendendo nos próximos <3
      Um beijo
      www.brookebells.com

      ResponderExcluir
    21. Oi!
      Esse era um dos lançamentos da editora que mais queria ler quando o anuncionaram, e esta é a primeira resenha que leio dele.
      É um pouco triste ver que a autora perde o foco durante a narrativa, mas o bom é que mesmo assim ela consegue surpreender o leitor com o final e dar um gancho para o segundo livro.
      Depois da sua resenha fiquei bem mais curiosa para lê-lo, espero que ele apareça em promoção logo rsrs

      ResponderExcluir
    22. Olá tudo bem?
      Achei bastante intrigante a proposta do livro e um tanto quanto crítica. Afinal,já não vivem em prol do futuro e acabamos nos esquecendo no presente? Da o que se pensar.
      Gostei também dessa reviravolta, e fiquei bastante curiosa em descobrir como Callie irá escapar dessa.
      Gostei bastante, tanto do livro quanto da sua resenha.
      Bjs

      ResponderExcluir