• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 185 : Uma Sombra Ardente e Brilhante


    Título: "Uma Sombra Ardente e Brilhante"
    Autor: Jessica Cluess
    Páginas: 336
    Editora: Galera Record
    Ano: 2017
    Adicione no Skoob


       Sabe aquele livro que fica mofando em sua estante e você chega ao ponto de se esquecer dele? Então, Uma Sombra Ardente e Brilhante é exatamente esse tipo de livro! Ele já estava comigo a pouco mais de dois anos e durante todo esse tempo não consegui encaixá-lo em minha pilha de leitura. Porém, para minha surpresa, quando decidi (finalmente!) o ler me vi totalmente imersa na leitura e maravilhada com todo o universo mágico e surpreendente criado pela autora Jessica Cluess.
       O livro traz a história de Henrietta Howell, uma jovem que  é obrigada a revelar seus poderes para salvar a pele de seu melhor amigo, desta forma, ela tem total certeza de que mais cedo ou mais tarde será executada por conseguir controlar o fogo. Apenas os feiticeiros podem usar magia, e nenhum deles é mulher. Qual não é a surpresa da garota ao descobrir que não apenas foi poupada da guilhotina, mas também nomeada a primeira feiticeira em séculos. Henrietta é a garota profetizada, aquela que derrotará os Ancestrais - seres sanguinários que aterrorizam a humanidade.

    Resenha # 184 : Contato de Emergência


    Título: "Contato de Emergência"
    Autor: Mary H.K. Choi
    Páginas: 336
    Editora: Intrínseca
    Ano: 2019
    Adicione no Skoob


          Pensem em um livro que só pela capa me fez ficar louca para ler. Pois bem, Contato de Emergência, da autora Mary H.K. Choi foi amor à primeira vista! Sei que não é muito justo julgar um livro pela capa, mas, acontece que as capas também são muito importantes, afinal, são elas que estampam as estantes das livrarias, né? Acontece que quase transbordei de felicidade quando me deparei com aquela sinopse extremamente fofa  e a partir daí não pude mais aguentar: eu precisava desse livro! Comecei a leitura cheia de expectativas e, felizmente, ela acabou sendo perfeita para o que eu precisava no momento: um livro gostoso de ler!
        O livro traz a história de história de Penny e Sam. Penny, é uma jovem de dezoito anos e acabou de sair de casa rumo à universidade. Longe da mãe expansiva e do namorado sem graça, vai finalmente se dedicar ao sonho de ser escritora. Só não contava que essa nova vida traria também novos obstáculos: pessoas, o maior pesadelo de qualquer introvertido. Já Sam, é um rapaz que está perdido na vida. Em todos os níveis. Aos vinte e um anos, os poucos dólares na conta, a mãe alcoólatra e a ex-namorada complicada não o ajudam a se manter são. Só lhe resta fazer os doces mais mirabolantes para o café onde trabalha (e mora), concluir sua faculdade a distância e tentar (sem muito sucesso) não surtar.

    Resenha # 183 : Meu Coração e Outros Buracos Negros



    Título: "Meu Coração e Outros Buracos Negros"
    Autor: Jasmine Warga
    Páginas: 312
    Editora: Rocco Jovens Leitores
    Ano: 2016
    Adicione no Skoob


          Foram muitos os motivos que me fizeram adquirir o livro Meu Coração e Outros Buracos Negros da autora Jasmine Warga. Em primeiro lugar, o que mais me chamou a atenção foi o título que é no mínimo peculiar; depois fui fisgada pelas milhares de resenhas elogiosas sobre essa leitura e, por fim, achei interessante o fato da autora trazer assuntos tão relevantes para um livro. Sendo assim, iniciei a leitura já esperando algo intenso e doloroso, mas, com as expectativas lá no alto!
        O livro traz a história de Aysel, uma garota de 16 anos que mora numa cidade pequena e enfrenta problemas com a família  e os colegas de escola, como tantos jovens por aí. Porém, Aysel acaba se tornando muito depressiva, infeliz e solitária. Todos na cidade a evitam por culpa de algo que seu pai fez. Desta forma, ela acaba encontrando a solução de seus problemas no site “Passagens Tranquilas”, um site de apoio a pessoas suicidas. Aysel não aguenta mais lidar com sua vida da forma que está, toda a sua alegria e vontade de viver se esvaiu. O site de apoio a suicidas é seu único refúgio e onde ela procura um parceiro para ajudá-la a acabar com sua vida.

    Livros Para Ler no Verão

    Olá, pessoal!
    Eu não sei vocês, mas, quando entramos no verão sempre dou prioridade para leituras mais leves, descontraídas e que combinem com essa época do ano. Parece que no verão todo mundo está feliz, todos estão se divertindo e nada melhor do que trazer essa vibe pras leituras, né? Pensando nisso resolvi listar alguns livros que são ideais para se ler nessa época de muita diversão! Confiram minhas dicas...

    Uma História de Verão   -   Pam Gonçalves

    Resenha # 182 : Uma Coisa Absolutamente Fantástica


    Título: "Uma Coisa Absolutamente Fantástica"
    Autor: Hank Green
    Páginas: 344
    Editora: Seguinte
    Ano: 2018
    Adicione no Skoob


           Estava muito ansiosa para realizar a leitura de Uma Coisa Absolutamente Fantástica, do autor Hank Green, pois, gosto muito dos livros do John Green e ver seu irmão publicando livro encheu-me de ansiedade. No geral, fiquei muito satisfeita com a leitura, o autor levantou assuntos bem relevantes e me surpreendeu em alguns momentos. Porém, apesar de toda expectativa criada eu avaliarei esse livro como se fosse de um autor novato comum, não o comparando com o irmão famoso porque é injusto com qualquer pessoa esse tipo de comparação.
       O livro traz a história de April May, uma jovem de vinte e poucos anos que levava uma vida comum: trabalhava numa star-up que pagava apenas o suficiente para conseguir bancar um apartamento com Maya, com quem insistia em não assumir um relacionamento. Até que, certa noite, ao voltar para casa, April dá de cara com uma escultura enorme de robô em plena Manhattan. Decidida a não ignorar aquela obra de arte incrível, April chama seu melhor amigo para gravar um vídeo sobre a escultura, que apelida de Carl. No dia seguinte, ela se surpreende ao descobrir que o vídeo a catapultou para a fama. Sessenta e quatro “Carls” apareceram pelo mundo ao mesmo tempo, e a jovem foi a primeira a registrar o fenômeno.