• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 86 : Austenlândia



    Título: "Austenlândia"
    Autor: Shannon Hale
    Páginas: 240
    Editora: Record
    Ano: 2014
    Adicione no Skoob


       Sempre que encontro algum livro que, de alguma forma, fale ou se baseie em obras da Jane Austen acabo sempre o adquirindo, pois, não é toda hora que encontramos um Sr. Darcy por aí. Então, desde que a Editora Record lançou, em 2014,  Austenlândia fiquei louca pra ler, mas, só agora consegui  encontrar uma brecha de colocá-lo em meio as minhas leituras.
       O livro traz a história de Jane Hayes, uma mulher de 33 anos que mora na moderna e atual Nova York. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD.
       Porém sua vida dá uma reviravolta quando uma tia-avó que mal conhece entra em sua vida e, depois de morrer, deixa uma herança um tanto peculiar no testamento: Jane tem uma viagem de férias paga para Austenlândia! O curioso lugar é uma espécie de imitação da sociedade do século XIX e todos os hóspedes têm a oportunidade de viver uma verdadeira experiência regencial. Jane, então, transforma-se na Srta. Erstwhile e é aí que sua aventura começa.
       Em meio a espartilhos, vestidos de época, jogos de cartas e cavalheiros apaixonantes, Jane tem a oportunidade de tentar tornar real tudo o que sempre sonhou para, enfim, superar sua obsessão por Darcy e voltar a acreditar que é possível ser feliz com alguém real, e não literário.
       Austenlândia é narrado em terceira pessoa, e achei interessante que normalmente esse tipo de narrativa cria uma certa de distancia entre leitor e personagem, mas, Shannon Hale dominou a escrita tão bem que, durante a leitura, parece que estamos em uma conversa com a protagonista, e isso deixou a leitura mega agradável! O livro possui uma narrativa leve, fluída e envolvente, mas, por mais que tenha gostado da obra, tenho que admitir que ela foi bem superficial em alguns pontos, acho, que isso pode estar relacionado ao fato de ser o primeiro livro da autora, então, espero que em suas obras futuras ela refine um pouco mais suas histórias, pois, em Austenlândia senti falta de um pouquinho mais de profundidade em certos acontecimentos.
       Jane Hayes é uma protagonista encantadora, que desde sempre foi apaixonada pelo Sr. Darcy (quem nunca?) e por mais que o livro seja pura ficção, chega a ser impossível não se identificar com Jane e suas atrapalhadas. Ela é uma mulher moderna que não consegue se desprender das tecnologias e nem do mundo que realmente vive. Gostei de vê-la querendo viver em outro tempo, mas percebendo que não conseguiria viver sem seu celular e outras coisas. Fantasiava demais com as situações e precisava muito de um choque de realidade para entender que nem tudo no mundo é perfeito.
       Agora, é fato que Shannon Hale criou uma história simplesmente original, principalmente, na criação desse lugar chamado Austenlândia. Acho que todos nós, leitores, já tivemos algum devaneio sobre como seria viver nesse mundo dos livros, cheio de encantos, romances, vestidos longos, damas e cavalheiros elegantes... E nossa protagonista teve exatamente essa chance! Uma maluquice? Sim, mas acho que esse é o fato mais interessante do livro, pois, Jane Hayes  no final das contas faz simplesmente o “nosso papel”, de leitoras apaixonadas por um personagem fictício, por um livro em especial, por um autor, ou simplesmente pelo universo literário.
       Enfim, Austenlândia é um livro pra você leitora obcecada por um personagem literário! Tenho certeza que o livro vai agradar as românticas de plantão, e também é uma ótima pedida para se distrair. Se você procura um livro divertido e leve, você acaba de o encontrar.



    10 comentários :

    1. Ola
      Eu ja fiz essa leitura e adorei. Concordo sobre a escrita em terceira pessoa, acho que nesse caso, de qualquer maneira, houve um bom envolvimento. Boa, gostei da parte de "para você que é obcecada por um personagem literário". Sempre recomendo muito e é impossível nao se identificar ou se encantar com personagens, especialmente Jane.
      Beijos, F

      ResponderExcluir
    2. Olá!
      Também sou mega viciada em tudo que sai da Jane rsrs
      Li este livro e amei
      E foi o primeiro livro que li em terceira pessoa que realmente deixa o leitor próximo ao personagem e achei incrível
      Raramente isto acontece comigo

      ResponderExcluir
    3. Oi Diane!! Tudo bem? Desde o lançamento estou com vontade de ler o livro! Fico feliz em saber que é uma obra leve e divertida! A premissa realmente parece ser boa, espero poder conferir em breve!

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    4. Olá,

      Não conhecia o livro, mas me interessei bastante pela história. Gostei bastante da proximidade que o leitor tem quanto a narrativa e por essa ser em terceira pessoa deve se destacar bem trazendo o leitor para perto da protagonista. Que ótimo que a Jane é encantadora e que nos identificamos com ela, tenho certeza que também adoraria o livro. Amei a resenha!

      www.virandoamor.com

      ResponderExcluir
    5. Olá!
      Adorei a ideia de ser "transportada" para outra época. Não conhecia esse livro e nem a autora, mas só de ter o nome da Austen, amei!
      A personagem me pareceu ser bem cativante, mas me pareceu ser bem apegada a bens materiais também. Considero isso um defeito, de certa forma.
      Mas gostei bastante do enredo desse livro.
      Já está na lista de próximas leituras. Só espero não demorar tanto para ler quanto você.

      ResponderExcluir
    6. Oi, Diana!
      Eu assisti ao filme e gostei bastante. Tenho interesse em ler o livro, mas sempre acabo não o comprando. :P
      A história parece bem bacana. Se tem senhor Darcy, então não tem como não ficar com vontade de ler, né?
      Beijão!
      http://www.lagarota.com.br/
      http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

      ResponderExcluir
    7. Olá Diane!
      Eu não li o livro, só assisti ao filme, mas quero muito fazer a leitura... O filme por si só já me prendeu e me agradou tanto, imagina o livro! Apesar de que eu tenho um certo "problema" com narrativas em terceira pessoa, vou confiar na sua opinião de que nesse livro a narrativa não é tão distante. Adorei a indicação e com certeza farei a leitura!
      Bjs e até mais!

      http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    8. Oi! Assim como você eu gosto sempre de adquirir obras que retratem esse universo maravilhoso de orgulho e preconceito. No entanto, antes de adquirir esse eu acabei lendo algumas críticas negativas e acabei deixando de lado e não adquirindo. E acho que dessa vez eu fiz bem. Apesar de realmente ser inegável que qualquer fã iria amar ter esse lugar e poder viver dentro desse universo. Mas acredito que o fato de ser em terceira pessoa e não ter tanta profundidade em alguns acontecimentos me deixa receosa; ainda não leria, mas quem sabe mais para frente!
      Um beijo
      www.brookebells.com

      ResponderExcluir
    9. Amo tudo relacionado nesse universo, e por esse motivo, também sempre tive vontade de ler esse livro, mas com tantas leituras, acabou não acontecendo. Mas já li meia-noite na Autenlândia e curti a leitura, apesar de ter sentindo falta de profundidade em alguns momentos da história.
      Bjim!
      Tammy

      ResponderExcluir
    10. Oi, tudo bem?
      Eu nunca li o livro mas sempre ouvi maravilhas dele. Fico feliz em ver que ele é uma ótima pedida para os fãs de plantão e para quem procura livros leves, é exatamente isso que estou querendo no momento, então com certeza lerei em breve!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir