• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 108 : Minha Vida Não Tão Perfeita




    Título: Minha Vida Não Tão Perfeita
    Autor: Sophie Kinsella
    Páginas: 406
    Editora: Record
    Ano: 2017
    Adicione no Skoob

       Sabe aquele tipo de autor que lhe passa tanta confiança que você é capaz de comprar um livro dele sem antes ler a sinopse? Então, a Sophie Kinsella é exatamente esse tipo de autora, particularmente, vejo em seus livros a certeza de uma boa leitura, com direito a personagens sensacionais e totalmente fora do comum. Desta forma, quando bati o olho em Minha Vida Não Tão Perfeita já fui depositando milhares de expectativas na obra e, como sempre, Sophie Kinsella conseguiu suprir todas elas!
       O livro traz a história de Katie Brenner, uma jovem que aparentemente tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamoroso e um perfil supercool no Instagram. Porém, o que ela não mostra em suas redes sociais é que seu flat tem um quarto minúsculo que nem cabe um guarda roupa, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade que a cerca. Mas, Katie acredita e luta para que um dia sua sorte mude e sua vida se torne perfeita, assim como seus posts do Instagram.
       Porém, de repente, sua vida não tão perfeita desmorona. Demeter, sua chefe bem sucedida, a demite. Tudo o que Katie sempre sonhou vai por água abaixo, e ela resolve dar um tempo na casa da família, em Somerset. Em sua cidadezinha natal, ela decide ajudar o pai e a madrasta com a nova empreitada do casal: os dois planejam transformar a fazenda da família  em um glamping, uma espécie de camping de luxo e estão muito empolgados com o negócio, mas não sabem muito bem por onde começar. E não é justamente lá que o destino coloca Katie e sua ex-chefe cara a cara de novo? Demeter e a família vão passar as férias no glamping, e Katie tem a chance de, enfim, colocar aquela megera em seu devido lugar.
        Mas será que ela deve mesmo se vingar da pessoa que arruinou sua vida? Ou apenas tentar recuperar seu emprego? Demeter - a executiva que tem tudo a seus pés - possui mesmo uma vida tão perfeita, ou quem sabe, as duas tem mais em comum do que imaginam? Por que, pensando bem, o que há de errado em ter uma vida não tão perfeita assim?
       Minha Vida Não Tão Perfeita é narrado em primeira pessoa pela protagonista Katie, e isso permite que conhecemos bem de perto todos os seus pensamentos, incluindo, seus planos mirabolantes, devaneios e trivialidades, o que diverte bastante o leitor. A narrativa da autora segue a mesma linha de sempre, sua escrita é muito agradável, envolvente, fluída e arranca gargalhadas facilmente do leitor. Acho que o maior diferencial da autora é que suas obras são sempre tão alto-astral que faz com que esquecemos de tudo que está em nossa volta, as pressões do dia-a-dia, ainda mais com esse momento difícil que vivemos em nosso país, acho que os livros dela funciona como uma válvula de escape, onde podemos nos desligar do mundo a nossa volta e curtir um universo totalmente colorido e divertido.
        Os personagens são muito bem elaborados, a maioria deles tem sede de poder, de mostrar uma vida perfeita que não tem e isso acaba trazendo muitas frustrações. Katie é uma garota do interior que sempre foi deslumbrada por Londres e suas excentricidades e, desta forma, ela acaba disposta a fazer qualquer coisa para se tornar uma londrina, mesmo que isso mude o seu verdadeiro jeito de ser, tanto que ela consegue acabar com seu sotaque, muda o visual e até o apelido! Nunca tinha lido nada da autora que se passasse no interior e eu curti muito! Não sei se todos vocês sabem, mas eu moro num sítio, então, ao ler Minha Vida Não Tão Perfeita encontrei muitas semelhanças com a “verdadeira Katie”(aquela sem pressões e sem ganâncias), me identifiquei bastante com ela, com seu amor por Somerset, com a tranquilidade que ela encontrava na fazenda da família e o seu estilo de vida.
       Diferente das outras obras da autora, nesse volume Sophie Kinsella não focou a história no romance, o livro até tem um mocinho muito interessante e que aquece o coração dos leitores, mas, o romance de Katie e Alex acaba ficando em segundo plano. A autora focou mais na mensagem sobre aparências, sobre a tentativa em vão de sermos perfeitos, sobre julgamentos errados, autodescoberta, aceitação... Acho que vivemos em um mundo tão dependente das redes sociais que, ás vezes, esquecemos de ser quem verdadeiramente quem somos para aparecer legal em uma foto e isso definitivamente não é legal, devemos pegar mais leve, curtir o momento, sermos mais sincero conosco mesmo e nunca tentarmos ser quem não somos, além disso, não existe e nunca vai existir uma vida perfeita, logo, esse desejo só pode trazer frustrações.
       Enfim, vou parar a resenha por aqui senão vou contar todo o livro pra vocês. Mas, espero de coração que vocês dêem uma chance para Minha Vida Não Tão Perfeita, pois, o livro é lindo, divertido, maravilhoso e traz uma mensagem extremamente especial. Recomendo de olhos fechados pra todos mundo!!!



    15 comentários :

    1. Olá, tudo bem?

      Earoi com este livro em casa, mas ainda não e encontrei tempo para lê-lo. Gosto muito da escrita da autora. Já li um livro dela e me diverti muito. Espero que aconteça o mesmo quando eu ler este livro. Adorei a resenha e poder conhecer um pouco mais sobre a obra.

      Beijos.

      ResponderExcluir
    2. Que bom que a autora supriu suas expectativas, eu nunca li nada dela e pelo visto este é uma ótima pedida. Inovador para mim o livro deixar o romance em segundo plano, isso deve dar ainda mais enfase a mensagem especial que citou.
      Valeu a dica.

      Beijos.
      https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Olá!
      Eu gosto da Sophie justamente por ela não precisar focar tanto no romance para fazer uma bos história. Esse livro está na minha lista, aliás, está na minha estante me esperando e espero que seja uma das minhas próximas leituras. rsrs
      Bjos!
      Por essas páginas

      ResponderExcluir
    4. Oii, tbm compro tudo da Sophie de olhos fechados. Amo e me divirto com os livros dela. Adorei a sua resenha e espero ter o meu em breve. Bjs Tell me a Book

      ResponderExcluir
    5. Oie,
      Adorei sua resenha! O livro me parece ser uma fofura e ser bem divertido. Normalmente eu não leria por não gostar muito do gênero, mas como o livro me parece ser bom vou anotar a dica de leitura para alguma hora dessas.
      Beijos
      Blog Relicário de Papel

      ResponderExcluir
    6. Oiii Di

      Com certeza vou dar uma chance pra esse livro, quero muito ler algo da Sophie e esse por ser autoconclusivo parece ser uma ótima dica. Amo essa capa e a premissa é muito bacana, já ta na lista

      Beijos

      aliceandthebooks.blogspot.com

      ResponderExcluir
    7. Ainda não li esse livro, mas está na minha wishlist, gosto muito da autora, são daquelas leituras perfeitas para passar um bom tempo, por serem leves =)

      MRS. MARGOT

      ResponderExcluir
    8. Oi, tudo bem?
      Ahaha já quero esse livro para ontem pois estou precisando de algo assim divertido e que me faça rir para ler e o fato da história não ter foco no romance me encantou ainda mais.
      Dica mais que anotada.
      bj

      ResponderExcluir
    9. Infelizmente a leitura não foi tão positiva pra mim como foi para você. Achei a protagonista insuportável e o romance fraquíssimo.
      Meu Amor Pelos Livros
      Beijos

      ResponderExcluir
    10. Oi, tudo bem? Já ouvi muitas pessoas falarem sobre os livros da Sophie, mas nunca li nada. Fico muito feliz que tenho sido uma experiência positiva pra você, mas não sou muito fã desse gênero, por isso tento evitar. Apesar dos seus elogios, fico receosa, pois o meu ritmo de leitura é baixo, demoro um pouco pra ler. Aí se não gosto me arrependo de ter deixado outros pra trás, e a fila por aqui está imensa. Mas mesmo assim, a dica é muito boa, e quiçá eu venha a ter um cadinho mais de tempo, irei incluí-lo na minha lista.

      ;D
      Nelmaliana Oliveira

      ResponderExcluir
    11. Oi, tudo bem?
      Eu também já li esse livro e preciso dizer que concordo com tudo que você falou. É um livro muito alto astral, que provoca risadas em vários momentos, mas que traz uma mensagem muito importante. As redes sociais trouxeram alguns problemas para a vida moderna e, entre eles, está essa preocupação excessiva das pessoas com a aparência e com essa ânsia de ter uma vida perfeita.
      Além disso, também acho que os livros da Sophie são uma ótima válvula de escapa para fugir um pouco dos problemas do dia-a-dia.
      Não preciso nem dizer que amei sua resenha, né? Ficou super completa e trouxe uma ótima indicação de leitura.
      Beijos!

      ResponderExcluir
    12. Oi, tudo bem?
      Nunca li nada da Sophie Kinsella, mas já vi muitos comentários bons sobre ela e tenho muita vontade de conhecer sua escrita e tudo mais. Ainda não conhecia esse livro e achei ele bem interessante, toda a mensagem por trás e a construção dos personagens. Adorei a resenha.
      Até mais o/

      ResponderExcluir
    13. Oi, tudo bem?
      Eu recebi esse livro de surpresa da editora, mas até agora não tive oportunidade de ler, por essa razão fiquei animada com sua resenha, pois a mesma poderia me animar um pouco. Bom, gostei bastante dos seus comentários, achei bacana essa história não ser tão focada no romance e imagino que seja uma leitura alto-astral mesmo.

      Beijos :*

      ResponderExcluir
    14. Oi, diane. Assim como você também amei esse livro e entrou para a lista dos melhores da Sophie. Achei ótima essa abordagem da vida perfeita, e acho que é bastante verdadeira.

      ResponderExcluir
    15. Muito boa a resenha!
      Terminei de lê-lo há alguns dias. Realmente é muito divertido, tirando o fato dela esconder as coisas que acontecem... rs

      ResponderExcluir