• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 75 : Claros Sinais de Loucura



    Título: "Claros Sinais de Loucura"
    Autor: Karen Harrington
    Páginas: 256
    Editora: Intrínseca
    Ano: 2014
    Adicione no Skoob

       Hoje trago pra vocês a resenha de Claros Sinais de Loucura, um livro que iniciei a leitura totalmente por acaso (me senti atraída pelo título), portanto, não havia depositado muitas expectativas, o que foi muito bom, pois, desta forma, pude desfrutar de uma leitura singela, mas, cheia de conteúdo e ensinamentos.
       O livro traz a história de Sarah Nelson, uma garotinha de 12 anos  que é um tanto quanto peculiar, onde enquanto a maioria de seus colegas adora Harry Potter, ela passa o tempo escrevendo cartas para Atticus Finch, o advogado de O Sol é Para Todos. Além disso, ela coleciona palavras-problema em um diário, tem uma planta como melhor amiga e vive tentando achar em si mesma sinais de que está ficando louca. E não é à toa: a mãe tentou afogá-la e ao seu irmão quando eles tinham apenas dois anos, e desde então mora em uma instituição psiquiátrica. O pai, professor, tornou-se alcoólatra. Fugindo da notoriedade do crime, ele e Sarah já se mudaram de diversas cidades, e a menina jamais se sentiu em casa em nenhuma delas.
       Com a chegada do verão em que completa doze anos, Sarah está cada vez mais apreensiva. Sente falta de um pai mais presente e das experiências que não viveu com a mãe, já se acha grande demais para passar as férias na casa dos avós, está preocupada com a árvore genealógica que fará na escola e ansiosa porque seu primeiro beijo ainda não aconteceu.
       Mas a vida não pode ser só de preocupações, e entre uma descoberta e outra, pouco a pouco, Sarah vai perceber que seu verão tem tudo para ser muito mais. Bem como seu futuro...
       Claros Sinais de Loucura é narrado em primeira pessoa pela protagonista Sarah. Sarah é uma garota muito perspicaz e inteligente, além de ser muito observadora, o que faz que a narrativa seja bem clara, e cheia de detalhes. A escrita da autora é muito envolvente e fluida, e apesar de trazer alguns temas sérios como o alcoolismo e doenças mentais podemos perceber que a autora teve um certo cuidado em manter a narrativa mais leve e cativante.
       Adoro livros cujo tema são focados em dramas familiares, principalmente quando protagonizados por crianças, narrativas assim sempre dão um ar diferenciado na história tornando-a leve e emocionante sem exagerar na medida. Assim, logo de cara me envolvi com a história de Sarah, torcendo por ela e compreendendo totalmente seus medos – afinal, é impossível não se comover com sua história, ou ao menos aceitar o quanto essa tal fase da pré-adolescência é complicada.
       Além das reflexões da personagem principal, um fato que muito me agradou foi os relatos da fase de transformação pela qual ela está passando. Como uma jovem que sai dos onze e entra na casa dos doze anos, Sarah sonha com uma mãe que a ajude a com questões triviais femininas e um pai mais presente ou, ao menos, sóbrio. Trata-se então de uma história sobre mudanças, de crescimento e amadurecimento, algo que observamos ao longo da narrativa enquanto vemos Sarah colocar para fora suas vontades e medos.Vemos então Sarah crescer, criar laços de amizade, e descobrir mais sobre o seu passado, o seu presente e o seu futuro.
        Enfim, Claros Sinais de Loucura é um livro sobre descobertas, sobre transformações, sobre lições de vida. É um livro para ser apreciado moderadamente, daqueles que te faz perder horas grifando trechos e refletindo sobre cada uma de suas citações. Iniciei a leitura não esperando muita coisa, mas, Claros Sinais de Loucura acabou levando nota máxima no Skoob! Leitura mais que recomendada...



    15 comentários :

    1. Oii!

      Às vezes encontramos uns livros que nos transformam a vida. Gostei da resenha, parece ser uma obra encantadora e cheia de ensinamentos.

      beijos

      www.mecontanoblog.com

      ResponderExcluir
    2. Oi, Di!
      Eu consegui esse livro numa troca do skoob e logo vou começar a leitura *-*
      Beijos
      Balaio de Babados
      Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

      ResponderExcluir
    3. Oii
      Não lembro onde, mas já ouvi falar muito bem desse livro, mas não com tantos detalhes como você colocou ai.
      Adorei saber mais sobre ele, até porque eu estava procurando livros mais direcionados a essa temática. Agora com certeza eu irei ler.

      Beijos

      ResponderExcluir
    4. Finalmente um livro da Intriseca que me cobre atenção.
      Gosto demais de dramas famíliares e quando bem escritos são absurdamente bons. Muito me chama atenção a Sarah e todo o sofrimento dela, pois é , a mãe tenta afoga-la, isso não é algo comum.
      Excelente resenha
      Beijinhos, Helana ♥
      In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

      ResponderExcluir
    5. Fiquei muito curiosa e interessada em ler logo quando você cita que Sarah escreve cartas para Atticus Finch (amo O Sol é Para Todos de paixão *-*)
      Adorei a resenha!
      Beijo :*

      ResponderExcluir
    6. Eu ainda não conhecia o livro mas não sei bem se eu o leria. A premissa até me pareceu ser interessante mas alguma coisa na trama não me agradou. Enfim, gostei da sua resenha e a dica está anotada, pode ser que algum dia eu venha a ler.

      ResponderExcluir
    7. Não conhecia esse livro, mas me interessei pela história lendo a resenha.
      Beijos!

      ResponderExcluir
    8. Oi!
      Sempre adorei a capa e o título desse livro, os acho muito criativos e de bom gosto, mas não sabia qual era o enredo. A história parece ser muito cativante, daquelas que possuem ensinamentos e momentos que nos tocam. Parece uma leitura muito boa. Dica anotada.
      Beijos!

      ResponderExcluir
    9. Olá, como vai?
      Quando comecei a ler esse livro só falavam nele na blogosfera literária.
      Confesso que a leitura não engatou, mas ainda quero dar uma segunda chance, ainda mais agora depois de ler sua resenha. Todo mundo merece uma segunda chance né? rs
      Beijo
      https://qadulta.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    10. Oi, muita gente já me indicou esse livro, já ouvi comentários maravilhosos sobre ele, mas ainda não tive a oportunidade apreciar essa leitura, amei sua resenha, só meu mais motivos para eu ler esse livro.
      Abraços

      ResponderExcluir
    11. Oi, tudo bem?
      Eu já me identifiquei com a personagem logo de cara e também fiquei triste por tudo que ela passou. Imagino o quanto deve ser ruim não ter ninguém em que se espelhar ou confiar - no caso, a presença do pais.
      E também percebi que ela amadureceu rápido demais por conta disso tudo, outra coisa muito triste nisso tudo.
      Enfim, vou anotar essa leitura, porque amei.
      Beijos

      ResponderExcluir
    12. Olá, tudo bem?

      Já vi boas críticas na blogosfera literária sobre a obra Claros Sinais de Loucura, mas até hoje não me senti atraído pela obra. A premissa é até interessante, mas não me conquistou. Infelizmente vou deixar passar a dica apesar da sua ótima resenha!
      Bjuss

      ResponderExcluir
    13. Oi
      Realmente, não nego que o ´titulo é atrativo, não curti muito a capa. O enredo, apesar de muito diferente, me parece bem juvenil e isso me desmotiva temporariamente na leitura.

      ResponderExcluir
    14. Uma história bem interessante e tocante, o fato dela escrever para Atticus de O sol é para todos já me ganhou, adoro esse livro. Vou dar uma chance para essa leitura. Bjs

      ResponderExcluir
    15. Oii, tudo bem?

      Toda vez que me deparo com alguma obra da intrínseca que não conhecia ainda me sinto um e.t. o:

      Que título mais chamativo e que desenrolar fantástico. Também tenho muita afinidade quando as obras relatam dramas familiares.

      Anotarei a dica e procurarei conferir a leitura em breve! Abraços!

      ResponderExcluir