• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 72 : Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar


    Título: "Nove regras a ignorar antes de se apaixonar"
    Autor: Sarah MacLean
    Páginas: 384
    Editora: Arqueiro
    Ano: 2016
    Adicione no Skoob

       Como já havia mencionado, nesse ano de 2017 pretendo me abrir á novos gêneros, e como já fazia muito tempo que não lia romances de época, decidi me embarcar nas aventuras de Callie em Nove regras a ignorar antes de se apaixonar. O livro é o primeiro volume da série Os Números do Amor, onde cada livro é protagonizado por um casal diferente, entretanto é importante lê-los na ordem de publicação, pois os casais estão interligados.
        O livro traz a história da sonhadora Calpúrnia Hartwell, uma jovem que sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama, mantendo assim, sua reputação intacta. Mas, mesmo assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres e muito romance.
        Sendo considerada solteirona, passiva e sem graça, aos 28 anos Callie já  passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi sinônimo de beleza e sua reputação já não lhe fará a menor diferença. Não tendo mais nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato, item por item.
       Contudo, Callie irá precisar de ajuda, pois, a lista basicamente é constituída por itens terminantemente proibida para as mulheres. E é aí que aparece Gabriel St. John, o marquês de Ralston, e um dos mais notórios libertinos de Londres. Porém, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso, pois, há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
       Nove regras a ignorar antes de se apaixonar traz uma escrita envolvente e uma trama que flui  naturalmente. Eu não esperava cenas tão explícitas ao começar o livro (acho que é culpa da minha inexperiência com romances históricos), então fica aqui o aviso de que não é um livro indicado aos mais jovens, porém ainda assim me apaixonei pelos personagens.
       Logo de cara me senti envolvida pela protagonista e seus dilemas, onde de tanto ouvir que era feia e passível, Callie simplesmente aceita o rótulo de solteirona e desiste de lutar pelo romance que tanto sonhou ao longo dos anos. Porém, quando lista as nove coisas que sonha fazer alguma coisa dentro dela muda e, pela primeira vez em anos, a jovem decide lutar por uma vida diferente. E eu amei, muito mesmo, tudo isso. Achei a história um exemplo de força, determinação, beleza que foge dos padrões sociais, e crescimento pessoal. Através de Callie aprendemos que, quando nos amamos verdadeiramente, não importa o que pensam ou dizem de nós. E é lindo ver essa jovem mulher se aceitando como bela e, principalmente, lutando pelo direito de ser quem ela quiser.
       Outro ponto que muito me agradou foi o cunho feminista da obra, onde traz uma protagonista forte e interessantíssima! Callie tem muito mais potencial do que se demonstra para a sociedade e isso faz com que todos os aspectos do livro seja uma delicia. Sempre me apaixono pelos heróis literários, e isso não é segredo, mas a heroína desta vez foi realmente um diferencial. Principalmente porque o livro se passa em uma época em que as mulheres eram quase vendidas para os maridos pela própria família.
       Enfim, Nove regras a ignorar antes de se apaixonar é uma leitura fluída, cheia de amadurecimento pessoal,  divertida, romântica e digna de suspiros! Apesar de não estar habituada com as cenas picantes, achei toda a história incrível e super recomendo pra todos vocês... Só pra constar, já estou com o volume 2 em mãos e em breve terá resenha dele por aqui.



    9 comentários :

    1. Oi Diane, tudo bem:?
      Menina eu sou suspeita porque adoro a escrita da Sarah MacLean e este livro é um dos meus preferidos entre os romances de época. Amo demais esse casal! Adorei sua resenha e fico feliz que tenha gostado.
      Bjus
      Lia Christo
      www.docesletras.com.br

      ResponderExcluir
    2. Oi, Di!
      Eu amei esse livro! Ele marcou a minha volta nos romances de época hahahaha
      Me identifiquei tanto com a Callie..
      Beijos
      Balaio de Babados
      Promoção Quatro Anos de Minhas Escrituras

      ResponderExcluir
    3. Ola Diane tudo bem eu adoro essa série, a escrita da autora é perfeita, mesclando romance algumas cenas engraçadas que rendem risos, o que dizer dessas capas maravilhosas, a protagonista desse livro é hilaria com sua lista. Beijos

      Joyce
      Livros Encantos

      ResponderExcluir
    4. Oi tudo bom?!
      Eu gostei muito do livro, ela realmente se propôs a fazer coisas que homens fazem já que sabia que não iria se casar. Em alguns momentos ri de algumas coisas que ela pensou.
      Esse livro em partes eu gostei.
      Beijos

      ResponderExcluir
    5. Olá!
      Adoro romances de época e pretendo ler este em breve.
      Protagonistas fortes geralmente deixam as histórias bastante interessantes, e acredito que o fato de Callie ter resolvido lutar por ter uma vida diferente, deve contribuir ainda mais para que a leitura seja envolvente e cativante.
      Ótima resenha.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    6. O livro é bom, não é? Também amei conhecer. Foi a partir dele que comecei a acompanhar mais a escrita da Sara. Sobre as cenas mais "picantes", confesso que por já estar acostumada não me importou e muito menos me incomodou, isso se deu por você não ter costume, logo isso será fichinha pra você. kkkkk

      Beijos
      Vento Literário / No Facebook / No Twitter

      ResponderExcluir
    7. Calma que não foi só você que se espantou com as cenas picantes nesses livro não. Eu sempre leio romances de época e achei que essa foi uma das autoras mais picantes até agora, ela faz com que suas personagens sejam mais saidinhas que muitas outras. Mas assim como você também adorei a determinação da Callie depois que finalmente fez sua listinha e adorei o casal!!!
      Também estou com o volume dois aqui e com certeza irei ler em fevereiro. Beijos
      Foi ótimo conferir sua opinião e leia mais romances de época sim e se preferir sem essas cenas tórridas, leia Julia Quinn a Jane Austen da atualidade.

      Leituras, vida e paixões!!!

      ResponderExcluir
    8. Acredita que comecei a série pelo segundo livro por pura curiosidade, eu amo romances de época e surgiu a oportunidade de ler dez regras, todo mundo fala que o primeiro é o melhor, Sarah tem uma narrativa bem picante mesmo, reparei isso na leitura dos livros lançados pela Gutenberg. Bjkas

      ResponderExcluir
    9. Romance de época com cunho feminista, já chamou minha atenção e apesar de não gostar da parte com cenas picantes, vou dar uma chance a leitura.

      Até mais!!
      Leituras da Paty

      ResponderExcluir