• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Literatura ao cubo

    Olá, pessoal!
    Assim como havia prometido, hoje trago a mais nova coluna do blog: Literatura ao Cubo, coluna onde indicarei três livros com temas ou passagens semelhantes. Para começar o tema será com o pé na estrada! Confiram os livros indicados...

    Não sei vocês, mas, eu adoro livros em que os personagens caem na estrada para alguma aventura ou em busca de qualquer outro objetivo. Esses três livros abaixo já foram resenhados por aqui e ambos possuem deliciosas aventuras.

    Cidades de Papel ( John Green)

    Sinopse: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.
    Em Cidades de Papel, Quentin e seus amigos tentam desvendar o paradeiro de Margo e, com isso, embarcam numa divertida viagem de quase 24 horas em uma minivan. Gostei bastante do livro, os personagens são incríveis e achei muito interessante a pesquisa feita pelo autor sobre as cidades de papel. A viagem foi, pra mim, a parte mais legal da história.

    A Sorte do Agora (Matthew Quick)

    Sinopse: Bartholomew Neil passou todos os seus quase 40 anos morando com a mãe. Depois que ela fica doente e morre, ele não faz ideia de como viver sozinho. Wendy, sua conselheira de luto, diz que Bartholomew precisa abandonar o ninho e fazer amigos. Mas como um homem que ficou a vida toda ao lado da mãe pode aprender a voar sozinho? Bartholomew então descobre uma carta de Richard Gere na gaveta de calcinhas da mãe e acredita ter encontrado uma pista de por quê, afinal, em seus últimos dias a mãe o chamava de Richard... Só pode haver alguma conexão cósmica! Convencido de que Richard Gere vai ajudá-lo, Bartholomew começa essa nova vida sozinho escrevendo uma série de cartas altamente íntimas para o ator. De Jung a Dalai Lama, de filosofia a fé, de abdução alienígena a telepatia com gatos, tudo é explorado nessas cartas que não só expõem a alma de Bartholomew, como, acima de tudo, revelam sua tentativa dolorosamente sincera de se integrar à sociedade. Original, arrebatador e espirituoso, A sorte do agora é escrito com a mesma inteligência e sensibilidade de O lado bom da vida. Uma história inspiradora que fará o leitor refletir sobre o poder da bondade e do amor.
    Em A Sorte do Agora, Bartholomew e seus amigos partem em um Ford Focus alugado rumo ao Canadá para conhecer o Parlamento dos Gatos e encontrar o pai biológico de Bartholomew.  Apesar de ter gostado bastante da história, não considero como um dos melhores do autor, mas, ainda assim continua seguindo a linha de Matthew com personagens excêntricos e completamente humanos.

    Fugitivos (Carlos Barros)

    Sinopse: De onde vem a amizade? O que é necessário para se ter uma vida melhor? Caio, um carioca de 15 anos, perdeu os pais em uma tragédia e foi morar com a avó em Belo Horizonte. Cheio de traumas, causados pelo incidente que vitimou sua família, ele não tem mais desejo de retomar sua vida. Fernanda, de 15 anos, protege seu irmão Jonas, de 11 anos, do temperamento violento do pai. Ela se apaixona por Caio, e este por ela. O sentimento que nutrem, será o catalizador de uma briga que colocará em risco a segurança dos dois. Gabriel, de 17 anos, e Bianca, sua irmã de 5 anos, perderam a mãe, por ela ser viciada e ter sofrido uma overdose, e o pai está preso. Ficam sob a tutela da Justiça e do irmão mais velho, de 20 anos, que apoia o pai em planos escusos para melhorarem de vida. Em Fugitivos, acompanhamos o amor nascer entre Caio e Fernanda, e a força da amizade que surge entre os cinco jovens, de forma tão intensa, que o drama de cada um deixa de ser individual e passa a ser de todos. No momento em que suas histórias se misturam, eles precisam fugir para salvarem suas vidas. Nessa corrida emocionante, que atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Alagoas e Pernambuco, mais de dois mil quilômetros, iremos descobrir seus sonhos, seus medos, suas tristezas e suas alegrias, tudo envolto por muito suspense, perigo, romance e reviravoltas surpreendentes.
    Já em Fugitivos, os cinco garotos pegam estrada numa Kombi para salvar as próprias vidas! Com destino á Caruaru, os jovens passam por várias cidades brasileiras, e assim acompanhamos momentos tristes e cômicos, mas, que só faz crescer a amizade entre eles. Achei a história fantástica! O livro é composto por personagens bem construídos e vemos nas páginas vários dilemas que frenquentemente assistimos nos telejornais. Enfim, é uma obra que muito me agradou e sempre estarei indicando por aí.

    Espero que tenham gostado da nova coluna e se quiserem podem sugerir temas para o próximo post ;)
    Beijos e até a próxima!



    27 comentários :

    1. Oi
      Legal a nova coluna, desses eu só li cidade de Papel, mas tenho curiosidade de ler o segundo.

      momentocrivelli.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Olá, tudo bem? Adorei a nova coluna! Li "Cidades de papel" e confesso que a melhor parte foi quando eles "caíram na estrada", então gostei muito das suas indicações e pretendo ler em breve os outros dois livros.

      Beijos,
      Duas Livreiras

      ResponderExcluir
    3. Oi, Diane!
      Desses, só li Cidades de Papel e gostei muito
      Adorei a ideia da coluna. É sempre bom ter recomendações de temas semelhantes.
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

      ResponderExcluir
    4. Oi, Diane!
      Desses eu só não li "A sorte do agora", mas está na lista. Os outros dois eu gostei bastante.

      Beijos, Entre Aspas

      ResponderExcluir
    5. Oi, Denise! Tudo bem?

      Gostei de sua coluna! Chique!
      Fugitivos está me instigando... acho que vou ler esse livro, por conta de sua divulgação! :D

      Beijos,
      Irmãos Livreiros

      ResponderExcluir
    6. Olá,
      Adorei a coluna e especialmente as indicações. Já li Cidades de papel e gostei bastante. Tenho muita curiosidade em ler A sorte do agora. Sobre o outro livro, Fugitivos, eu não o conhecia, mas fiquei bem curiosa pela sinopse e vou procurar mais informações a respeito. Muito obrigada pelas indicações!

      Beijos, Fer
      http://www.segredosemlivros.com/

      ResponderExcluir
    7. Eu já conhecia o Cidades de Papel e o Fugitivos mas ainda não os li. Achei interessante essa coluna do blog e as escolhas para esse tema também foram bem bacanas. Eu estava tão curiosa com Cidades de Papel que acabei vendo o filme e mesmo achando o enredo totalmente louco e o final bem fraquinho, eu gostei. Espero que a leitura do livro seja melhor.

      ResponderExcluir
    8. Os dois primeiros livros são maravilhosos e eu adorei. O terceiro, quero muito conferir porque adoro o autor, mas ainda não tive a oportunidade. Acho que ainda não conhecia a coluna e adorei!!!
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    9. Oi Diane, tudo bem?
      Gostei do tema que você escolheu pois é algo que me agrada bastante numa boa história. Eu já li Cidades de Papel e ele é um dos meus livros favoritos (o melhor do John Green, na minha opinião) pois é uma dessas histórias que me fez refletir muito sobre quem nós realmente somos. Não conhecia as duas outras indicações e gostei da premissa deles também, com certeza lerei um dia.

      Beijos! ♥

      ResponderExcluir
    10. Oi
      Muito legal a coluna nova! Super criativa.
      Já li A sorte do agora e Cidades de papel e gostei de ambos. Fugitivos não conhecia, mas se é similar a esses, já me interessei.
      Adorei as dicas e espero ver mais vezes aqui
      =*
      Beijinhos
      Rizia - Livroterapias

      ResponderExcluir
    11. Olá Di!
      Que coluna legal! Adoro livros sobre viagens, mas não li muitos, dá para acreditar? Dos citados, li apenas Cidades de Papel e não foi uma leitura muuito agradável, mas foi legal.
      Fiquei curiosa em relação a A Sorte do Agora.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    12. Oii
      esse fugitivos ando lendo umas resenhas positivas e fiquei interessada na leitura.

      momentocrivelli.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    13. Oi, já conhecia todos os livros citados aqui, mas só tive a oportunidade de ler 1 até agora, que foi o Cidades de Papel! Confesso que não sou muito fã de livros onde o personagem viaja, mas isso depende do porque da viagem e de como isso é apresentado na história! Espero pelos outros temas da Literatura ao Cubo. Gostei basteante!
      Um beijo

      ResponderExcluir
    14. Oi!

      Eu adoro essas postagens que nos indicam livros haha eu sempre conheço um monte de coisa bacana. Nesse caso, eu só não leria o do John Green, porque não vou com a cara do autor e não tive uma experiência bacana com ele. Mas a sorte do agora é o que mais me chamou a atenção. Espero poder conferi-lo.
      hehe

      bjs =)

      ResponderExcluir
    15. Olá!! :)

      Parabens pela nova coluna!! :) E sempre bom quando sentimos que inovamos um pouco, ne?? :) ahah

      Bem, eu ja li Cidades de papel ha uns meses e gostei bastante... Assim, fico curioso com os restantes, especialmente com Fugitivos!! :)

      Boas leituras!! ;)
      no-conforto-dos-livros.webnode.com

      ResponderExcluir
    16. Olá!
      Muito legal sua nova coluna! Cidades de Papel é a minha obra preferida de John Green, e como a proposta são livros com o mesmo tema, acredito que os outros dois também sejam ótimo, apesar de que o último me chamou mais a atenção e se passa no Brasil né?
      Beijos.
      http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

      ResponderExcluir
    17. Olá!
      Eu já li Cidades de Papel e ao contrário de você, não gostei nada do livro. Achei a história chata e os personagens mais ainda. =/
      Os outros dois livros que você indicou eu tenho muita vontade de ler, principalmente fugitivos.
      Gostei muito do tema de hoje e vou acompanhar sua coluna nova!
      Beijos!

      ResponderExcluir
    18. Oiee, tudo bem? Adoreeei a nova coluna, e o tema de hoje também!! Cidades de Papel é maravilhoso, meu favorito do Green. Realmente a parte da viagem é a melhor! Morria de rir sempre que o Ben abria a boca. A Sorte do Agora eu quero MUITO ler! Provavelmente será uma das minhas próximas leituras. Essa capa de Fugitivos é tão linda! Quero ler esse também...
      Adorei as dicas.
      Beijos

      ResponderExcluir
    19. Oiee ^^
      Comprei o meu "A sorte do agora" quando ele nem havia sido lançado em português ainda, mas morro de preguiça de lê-lo..haha' parece ser interessante, mas, além da preguiça, a fila de não-lidos-urgente também é grande *-* "Fugitivos" parece ser bacana, gostei da sinopse... E da capa também.
      MilkMilks
      http://shakedepalavras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    20. Oi, tudo bem?
      Super legal essa sua coluna, ótimo para os leitores que querem conhecer livros novos. Eu quero muito ler Cidades de Papel, mas estou um pouco receosa, porque todos falaram que o filme não é muito bom, e eu já sei o final, mas mesmo assim ainda quero ler! Adorei seu post.
      Beijos,

      garotareading.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    21. Desses três, o único que já li foi "Cidades de Papel". Achei a história ótima e com uma boa pitada de humor. Realmente é bom o jeito que os personagens se aventuram e é legal acompanhar a vagem entre eles. Vou conferir os outros também!
      Beijos.
      http://www.virandoamor.com/

      ResponderExcluir
    22. Olá, tudo bem? Sério que gostou de Cidade de Papel? Eu até gostei da história mas odiei o desfecho de uma tal forma que peguei ódio do Green
      Pois eu já li três livros dele é não gostei do final de nenhum.
      Os outros eu ainda não conhecia e achei interessante, vou dar uma conferida.
      Quanto a sua nova coluna eu amei...adoro indicações de Livros que tenham o mesmo tema.
      Bj

      ResponderExcluir
    23. Também gostei bastante de Cidades de Papel, não tanto quanto gostei de A culpa é das estrelas, mas o suficiente para querer ler mais obras do John Green. Dos outros dois, tenho muito interesse em A sorte do agora, adoro o autor e espero curtir esse livro! Gostei da coluna!

      Beijo!

      Ju
      Entre Palcos e Livros

      ResponderExcluir
    24. Oi
      Legal essa coluna, quero muito ler o livro do Matthew, recentemente li garoto 21 e me apaixonei pela escrita dele, estou nessa vibe de devorar tudo que ele escreveu e esse é o que mais está me chamando no momento, apesar de ter a bastante tempo não consigo querer ler cidades de papel, mesmo tendo lido e gostado bastante de a culpa é das estrelas.

      Abçs
      Nosso Mundo Literário

      ResponderExcluir
    25. Oie!!
      Adorei a nova coluna.
      Eu como uma pessoa apaixonada por viagens, amei o primeiro tema proposto. Ainda não li nenhum dos livros indicados. E confesso que só me interessei realmente pelo, A Sorte do Agora, que se trata de um livro cujo o autor eu gosto muito. Cidades de Papel eu já até tentei ler, mas infelizmente a leitura não fluiu. Espero ver novas edições da coluna em breve.
      Bjs

      ResponderExcluir
    26. Oi Diane, tudo bem?
      Adorei a sua coluna e adorei suas dicas de leitura. Eu li apenas Cidades de papel e gostei muito. Muito bacana o tema de amigos que caem na estrada, eu me diverti muito com os queridos amigos de Cidades de papel, e vou seguir sua dica e lerei os outros livros!

      Beijos

      http://www.oteoremadaleitura.com/

      ResponderExcluir
    27. Oie!
      Já conhecia Cidades de Papel, mas nunca tive vontade de lê-lo. Já os outros dois que você indicou eu ainda não conhecia. Fiquei interessada por conta da sua premissa, principalmente pelo livro: Fugitivos.
      Quero lê-lo em breve.
      Gostei da nova coluna, obrigada pelas dicas, elas serão muito bem usadas.

      Beijinhos da Mady.

      ResponderExcluir