29 janeiro 2021



Aceita uma Indicação?


Oi, gente. Tudo bem com vocês?

Hoje eu estou de volta com a coluna Aceita uma Indicação?, espaço onde indico pra vocês aqueles livros mega especiais que classifiquei como favoritos e que, é claro, gostaria muito que vocês dessem uma chance para eles. Bora conferir minha indicação para esse mês de janeiro?


Para a primeira indicação do ano,  escolhi o livro O Vendedor de Sonhos, do Augusto Cury! Li esse livro há mais de 10 anos atrás, mas considero uma leitura tão válida que resolvi trazê-la para essa coluna.


Em O Vendedor de Sonhos – O Chamado (Augusto Cury) um intelectual está a beira de cometer um suícidio e um maltrapilho desconhecido tenta impedi-lo, uma empreitada que nem a polícia e nem um famoso psiquiatra conseguiram resolver.

Lançado pela editora Academia de Inteligência, ele fala sobre conhecer-se e, com isso, salvar você de si mesmo.

Um maltrapilho, com uma eloquência cativante, começa a chamar seguidores para vender sonhos em uma sociedade que deixou de sonhar. Nada tão belo e tão estranho… Ao mesmo tempo em que arrebata as pessoas e as liberta do cárcere da rotina, arruma muitos inimigos.

Será ele um sábio ou o mais louco dos seres? Um romance que nos fará chorar, rir e pensar muito.


   Confesso que é até difícil falar sobre esse livro, pois, tem muito tempo que o li, mas, as emoções que ele me transmitiu ainda estão bem vivas em mim. O Vendedor de Sonhos é um livro que conta a história um homem misterioso, que por onde passa deixa as pessoas impactadas por conta de seu jeito maltrapilho, mas ao mesmo tempo muito sábio. Durante o livro esse homem misterioso é chamado de o "vendedor de sonhos" ou "mestre". Esse homem ajuda todos sem pedir nada em troca, questiona os padrões da sociedade e põe vírgulas na vida das pessoas quando elas pensam em colocar um ponto final. Dessa forma, vamos acompanhando a jornada de um grupo bem excêntrico que anda pelas ruas presenteando as pessoas com uma nova visão de vida.
   O Vendedor de Sonhos é um livro de autoajuda disfarçado de ficção e nos faz refletir sobre inúmeros aspectos da vida, sobre como a sociedade está corrompida com pessoas que só pensam em si mesmas, que não tem a capacidade de ajudar ao próximo, o livro critica também a famigerada necessidade de sempre estar correndo e lucrando e fazendo coisas que muitas vezes nos aborrece, mas, temos que fazer mesmo assim. Durante essa pandemia, esse livro não me saía da cabeça, porque parece que tudo que o "mestre" pregava veio á tona em nosso mundo real... A nossa vida é uma só e, é claro, temos que lutar por nossos objetivos pra se ter uma vida melhor, mas, é necessário fazer isso com sabedoria, com tranquilidade, sem pressão. Enfim, eu entendo que muitos não gostam de livros de autoajuda, mas Augusto Cury levanta questionamentos sem ser piegas e a forma como o vendedor de sonhos fala com as pessoas nos comove e toca nosso coração, pois ele sabe caminhar sob os caminhos escuros de nossas mentes e entender os mais obscuros pensamentos e tormentos de nossa alma.

Espero que tenham gostado da minha dica, pois, esse livro parece que quanto mais o tempo passa mais ele fica próximo da realidade do mundo em que vivemos! Me contem aí nos comentários se vocês já leram Augusto Cury.

Beijos e até o próximo post!




15 comentários:

  1. Oi, Diane. Como vai? Menina este livro é maravilhoso! Por eu gostar bastante de livros de autoajuda li este livro e adorei. Fico feliz em saber que você o leu e gostou. Espero que muitos leitores possam lê-lo, embora infelizmente muitos leitores desprezem livros deste gênero literário. Adorei vê-lo por aqui. Um abraço!


    https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Tenho um carinho muito grande por este livro/filme e admito que o filme já vi algumas vezes!
    Sei lá, penso que seja a espécie de obra que a gente precisa rever de vez em sempre!!!
    Adorei e também recomendo muito a todos!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  3. Amei a indicação. Eu li esse livro e outro que era algo como 'padrão de beleza e a revolução das mulheres' e ambos os livros me ajudaram a mudar a visão que eu tinha do autor. Sempre achei que os livros do Cury eram chatos, e então me apaixonei pela abordagem dele.
    beijos
    https://www.dearlytay.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca gostei de livro de autoajuda e por isso nunca dei uma chance ao Augusto Cury, mas já ouvi falar tão bem desse livro que me faz querer ler. Parabéns pelo blog.
    www.verdeveggie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Indicação super aceita e anotada, pois gosto muito do autor e já alguns dos seus livros, mas ainda não conhecia esse.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro os livros do Cury mas confesso que esse eu ainda não conheço. Já quero ler. Como você falou, parece ser muito bom.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Diante!
    Adoro indicações haha quase sempre fazem com que eu saia da zona de conforto. Acredita que nunca li nadinha do Cury?
    Sempre ouço falar das obras dele, e só ouço coisas boas.
    Quando for ler, irei começar com esse.
    Beijokas

    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  8. Oi, Diane!
    Amei a proposta dessa coluna! Eu não conhecia o livro, mas achei super interessante! Só li um livro de autoajuda na minha vida, mas gostei bastante e acho que o gênero deveria ser mais divulgado. Vou guardar essa indicação :D

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
  9. Oi Di,
    Nunca li nada do autor e como já ouvi muitas críticas a ele, confesso que nunca me animei muito. Sei que ele é um bestseller e você elogiou bastante, só que não faz muito meu estilo...
    Mas falando da coluna, eu adorei a ideia, porque as vezes faz tanto tempo que lemos um livro e ele é tão bom que merece ser relembrado! Vou acompanhar suas dicas!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Diane

    Eu não tenho vontade de ler as obras do autor pelo gênero mesmo, não curto. Mas que legal saber que foi um livro que conversou tanto com você! <3

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  11. Oi
    minha tia já falou muito desse livro, preciso ler algum dia.
    Que bom que gostou da leitura, eu assisti o filme baseado nesse livro, tinha na netflix.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Gostei desta indicação, vou levar as sugestões!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  13. Aceito!!!!
    O Vendedor de Sonhos é o único livro de auto ajuda que curto ler

    ResponderExcluir
  14. Olá, Diane.
    Infelizmente não vou aceitar sua indicação porque não leio livros de autoajuda, mesmo os disfarçados de ficção hehe. E mesmo o autor sendo um dos mais vendidos no país eu não tenho vontade de ler os livros dele.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Oi Di, tudo bem?
    Não fazia ideia que era autoajuda disfarçada de ficção. Senti uma sensação parecida com A Cabana. Não sei se leria, porque não faz muito meu estilo. :(
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir


© Coisas de Diane | 2020. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo