• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 196 : P.S. de Paris


    Título: "P.S. de Paris"
    Autor: Marc Levy
    Páginas: 256
    Editora: Planeta
    Ano: 2019
    Adicione no Skoob


          Li esse livro na época em que estava afastada do blog, mas, ele tem uma história tão especial que resolvi compartilhar com vocês. P.S. de Paris é um livro que foi escrito por Marc Levy, mesmo autor do livro que originou o filme E se Fosse Verdade, estrelado por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo, e pra quem não sabe esse é o meu filme favorito da vida! Então, vocês já podem imaginar o quão ansiosa estava por essa leitura, né? Iniciei a leitura cheia de expectativas e, de certa forma, esse livro conseguiu abrandar uma ressaca literária pela qual estava passando.
        O livro traz a história de Mia, uma atriz famosa que nos cinemas interpreta uma mulher apaixonada. Porém, na vida real, ela é uma atriz que precisa desesperadamente se afastar de seu marido – a mega estrela que interpreta seu par romântico nos filmes. Então, ela atravessa o Canal da Mancha e busca refúgio em Paris, com um novo corte de cabelo, óculos falsos e um trabalho de garçonete no restaurante de sua melhor amiga.
       Ao mesmo tempo, conhecemos Paul, um escritor americano que espera resgatar o sucesso de seu primeiro romance. Quando seu melhor amigo força um encontro com Mia através de um site de namoro, o status de relacionamento dos dois muda para "complicado". Mesmo que Paris pareça estar juntando o casal, eles resistem, solitários, inventando desculpas cada vez mais exageradas para permanecerem apenas amigos.
       Mas o destino tem outros planos para eles. O amor verdadeiro estaria esperando no final dessa história?
       P.S. de Paris é narrado em terceira pessoa e alterna a perspectiva da narrativa entre Mia e Paul, o que permite o leitor ficar próximo o bastante de ambos personagens. A narrativa de Marc Levy é ágil e divertida, de maneira que consegui o ler em poucas horas, sem sentir a menor vontade de interromper a leitura. O livro traz muitos diálogos e não se demora em muitas descrições ou reflexões, o que, confere certa agilidade à leitura. Esse era exatamente o tipo de livro que eu estava precisando no momento. Estava precisando de um livro para desanuviar a cabeça, e que não me causasse emoções muito intensas; uma leitura leve, descontraída e nada mais... e esse livro é exatamente isso! E para acrescentar mais uma cereja no bolo, o cenário não poderia ser melhor: Paris! E para melhorar tem também um restaurante! Eu adoro cenários como restaurantes, lanchonetes, cafeterias, etc, geralmente, esses cenários são super aconchegantes e traz um aspecto especial, não sei explicar bem, mas, é isso que transmite pra mim.
      Os personagens são extremamente cativantes, daquele tipo que dá vontade de entrar dentro do livro só pra conversar com eles. Paul é um homem tímido e reservado que teve seu livro publicado com a ajuda de Lauren e, diante do sucesso da obra, se viu obrigado a fugir do assédio de todos e foi parar na cidade do amor: Paris. Mia é uma jovem atriz desiludida amorosamente que também veio se refugiar em Paris para pensar em que rumo daria a sua vida depois da traição do marido. Juntos, eles descobrem que fazem muito bem um para o outro e, o mais legal, é que não tem romance instantâneo, o foco não é bem o romance e, sim, a amizade e conexão que eles criam.
       P.S. de Paris é um livro mais voltado para o entretenimento, então não espere grandes lições, ensinamentos e grandiosidades, até porque a intenção desse livro é entreter, desanuviar e dar um momento de aconchego para seus leitores. A história é muito leve e fofa - parece um filme de comédia romântica daqueles de morrer de rir e se apaixonar! Porém, para os leitores mais atentos, se você perceber nas entrelinhas pode perceber ali uma mensagem de resiliência, recomeços, amor e principalmente de luta e ética.
       Enfim, P.S. de Paris é um livro leve e aconchegante, capaz de trazer uma leveza para esses dias conturbados de um jeito muito especial e que poucos escritores tem capacidade. Leiam, vocês vão amar!



    15 comentários :

    1. Oi, Diane como vai? Este livro é muito bom. Lembro que eu li e é excelente para distração. Ótima resenha. Abraço!


      https://lucianootacianopensamentosolto.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    2. Sou doida para ler esse livro. É como você mesma disse, em dias sombrios, nada mais gostoso do que se jogar numa leitura mais leve e aconchegante!
      Fazia tempo que não via esse livro pelo mundo literário, bom que você o trouxe de volta!!!
      Beijo

      Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

      ResponderExcluir
    3. Oii Diane

      Essa capa é tudo de linda, acho uma fofura e o enredo do livro parece ser tão cativante, aquelas leituras gostosas para se ler em uma tarde de inverno como estas de agora, relaxando. Fiquei curiosa em ler esse livro.

      Beijos, Ivy

      www.derepentenoultimolivro.com

      ResponderExcluir
    4. Esse não conhecia, mas parece bem gostosinho de ler mesmo. Fiquei curiosa!

      Beijo.
      Cores do Vício

      ResponderExcluir
    5. Oi Diane depois dessa resenha fiquei com muita vontade de ler o livro .Patece mesmo um romance bem envolvente e rapido de ler

      ResponderExcluir
    6. Eu jurava que esse livro tinha a ver com "P.S: Eu te amo". Não sei de qual lugar tirei isso hahaha! Enfim, eu amei a capa e o cenário. Amo histórias assim, que são leves e ensinam nas entrelinhas. E ele me lembrou muito "Não se esqueça de Paris". Se um dia conseguir, embarca nessa leitura, que vale muito a pena! Ahhh!!! Eu também amo o filme "E se fosse verdade". É incrível, né? ♥

      Beijos, Carol
      www.pequenajornalista.com

      ResponderExcluir
    7. Olá,
      Não conhecia esse livro mas fiquei encantada, bem no estilo que eu gosto. Nunca li nada do autor mas já vi a adaptação E se fosse verdade e adoro aquele filme também.

      Beijo!
      www.amorpelaspaginas.com

      ResponderExcluir
    8. Ahh eu amo o filme E Se Fosse Verdade. Inclusive, não sabia que ele havia sido baseado em um livro.
      Gostei da premissa de Ps. de Paris e fico feliz em saber que é um livro ágil. Vou coloca-lo na minha lista para ler em épocas de ressaca literária.
      Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

      ResponderExcluir
    9. Oi Diane.
      Não conhecia o livro e fiquei super interessada em ler. Já coloquei na lista. Ótima resenha.
      Bjus

      ResponderExcluir
    10. Olá!
      Gostei muito dessa capa, achei muito fofinha e delicada, amo capas assim que me remetem a leitura e me deixam com vontade de ler.
      Amei a resenha e concordo quando diz que são livros bons para essa época por serem leves e fáceis de ler.
      Beijocas.

      https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Olá, Diane.
      Eu já li três livros do autor, um de romance e outros dois e outro gênero e não sei se gosto muito da escrita dele não hehe. Mas o filme eu amo hehe. Mas posso dar uma chance para esse livro sim porque leituras leves é o que mais busco nesse momento.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    12. Adorei a proposta do livro, parece ser uma leitura realmente aconchegante com personagens ótimos!! Gosto desse tipo de leitura leve e que vai direto ao ponto <3
      Beijoss, Primavera Agridoce ♥️♥️♥️

      ResponderExcluir
    13. E eu jurando que era uma espécie de continuação de E se fosse verdade...
      Bom saber que a leitura é bem rápida e fofinha. Já salvei aqui quando quiser ler algo assim
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    14. Oi, Diane
      Eu já vi algumas fotos desse livor, mas nunca li nada a respeito dele. Fiquei meio sem saber se é uma comédia romance ou algo mais denso, mas gostei da obra se passar em Paris, acho isso muito legal! Só não entendi porque ela tem um marido e precisa fugir dele. Imagino que seja algo que vamos descobrir na trama, né?
      Beijo!
      http://www.capitulotreze.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Oi Diane! Estou precisando de uma história nesses moldes, vou aproveitar que já tenho o livro e separar para o próximo mês. Não imaginei uma história assim.Bjos!! Cida
      Moonlight Books

      ResponderExcluir