• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 139 : Asiáticos Podres de Ricos


    Título: "Asiáticos Podres de Ricos"
    Autor: Kevin Kwan
    Páginas: 490
    Editora: Record
    Ano: 2018
    Adicione no Skoob


       Asiáticos Podres de Ricos é a grande aposta do Grupo Editorial Record para o mês de maio e orgulhosamente o Coisas de Diane teve a honra de receber um exemplar em mais uma Box da V.I.B.! Além de fazer bastante sucesso lá fora, a obra vai para os cinemas em breve, já tem elenco definido e até trailer... Como sou uma grande devoradora de Chick-lits, comédias românticas e coisas do tipo fiquei bastante entusiasmada com a leitura e, mesmo tendo depositado altas expectativas, Kevin Kwan conseguiu suprir todas elas!
       O livro traz a história de Rachel Chu e  Nick Young, um casal de namorados que resolvem viajar juntos para a Cingapura. Ao aceitar o convite do namorado para passar o verão em Cingapura, seu país natal,  e acompanhá-lo ao casamento de seu melhor amigo, Rachel Chu tinha em mente dias tranquilos com uma família simpática, longos passeios de carro explorando a ilha e bastante tempo ao lado do homem com quem um dia talvez fosse se casar. Mal sabia ela que a casa da família de Nicholas Young era um verdadeiro palácio, que ela iria viajar mais em jatinhos particulares do que em carros e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais cobiçados da Ásia era como ter um alvo nas costas.
       Inserida no esplendor de uma dinastia que ultrapassa todos os limites de sua imaginação, Raquel é apresentada a Astrid, a it girl da alta sociedade de Cingapura; Eddie, cuja família praticamente mora nas páginas das revistas de celebridades de Hong Kong; e Eleanor, a poderosa mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem seu filho deve - ou não - se casar.
       Em pouco tempo, Rachel se vê transportada para um episódio de Gossip Girl, só que na Ásia e com pessoas podres de ricas, que não vão poupar uma simples professora universitária de fofocas, intrigas e armações do jet set asiático. Isso sem falar na mãe de Nick, que está prestes a se jogar de cima de um prédio, tamanho o desgosto de ver o filho esfregar uma CNA (Chinesa Nascida na América) na cara da família e que contratou até um detetive particular para investigar as origens da jovem e saber se ela está à altura do filho.
    Image and video hosting by TinyPic
       Asiáticos Podres de Ricos é narrado em terceira pessoa sob o ponto de vista de vários personagens, embora Rachel seja a personagem com mais destaque, não diria que ela tenha todo o livro só para si, afinal, nessa obra temos várias histórias intercaladas com a de Rachel e a família de Nick. A narrativa de Kevin Khan é bastante divertida, envolvente e a variedade de personagens torna a leitura ainda mais dinâmica aos diálogos e repleta de acontecimentos. Gostei bastante dos diálogos entre os personagens, sempre espirituosos e repletos de indiretas e sarcasmos, porém, a única coisa que me incomodou foram as cansativas descrições de cenários, artigos de luxo, preços exorbitantes, jóias e tudo mais que esses ricaços tem direito. No início, essas descrições eram até divertidas, mas, com o passar das páginas esses exageros se tornam cansativos e forçados, o que acaba desacelerando a leitura.
       O livro possui uma variedade enorme de personagens, confesso que no início tive até uma certa dificuldade de saber quem é quem, porém, com o avançar das páginas fica mais fácil fazer essa distinção. Em, Asiáticos Podres de Ricos, cada família tem seus membros apresentados para o leitor e Kevin Kwan teve o árduo trabalho de criar histórias e dilemas para cada um deles. Com personagens construídos com maestria, muito bem detalhados e carismáticos à sua maneira, se torna uma tarefa impossível não se apegar a pelo menos um deles. Não vou defini-los individualmente, pois, realmente são muitos personagens, porém, não posso deixar de mencionar meus favoritos que foram: Rachel, uma jovem independente, corajosa e que sempre lutou pelos seus sonhos; Nick, um rapaz fofo e que apesar de ser podre de rico nunca deixou de ser humilde e propagar o bem; Astrid, a it girl asiática dona do guarda roupa mais cobiçado de todos os tempos e Peik Lin, a gentil amiga de Rachel que acaba se tornando seu porto seguro na Ásia. Confesso que já fazia muito tempo que não lia algo com toda essa riqueza de personagens e todos foram tão bem trabalhados que amei até aqueles mais malvados (rsrs).
       Asiáticos Podres de Ricos é um livro glamouroso e do mais alto escalão da riqueza capaz de deixar qualquer leitor deslumbrado e cheios de vontade de adquirir pelo menos 1% das aquisições dos personagens. Por se tratar de um chick-lit, a obra não possui assuntos muito importantes e com teor reflexivo, muito pelo contrário, Asiáticos Podres de Ricos é um livro escrito para divertir e deixar a vida do leitor mais leve, por diversas vezes me peguei dando boas gargalhadas com as incontáveis discussões por futilidades, especulações da vida alheia e preocupações inúteis. Com um olhar satírico, cenas memoráveis e vários momentos hiperultrafashion, Kevin Kwan traça um retrato fiel e engraçadíssimo do conflito entre os novos ricos e as famílias tradicionais, mostrando assim as diferenças que existem entre os asiáticos nascidos em diferentes partes do mundo.
       Enfim, Asiáticos Podres de Ricos é um livro extremamente divertido, que te leva literalmente para outro mundo e que deixa aquela sensação de riqueza no ar! Sarcástico, irreverente e com uma boa dose de intriga,  Asiáticos Podres de Ricos é um livro que recomendo para todos os amantes de um bom chick-lit.



    19 comentários :

    1. A narrativa tem o poder de nos fazer amar ou odiar uma história né? E pelo que vejo, o livro foi positivo em relação aos diálogos dos personagens e cansativa em relação a descrição dos cenários. Pontos distintos que se complementam e dão equilíbrio, afinal, o saldo da leitura foi super positivo pra você. Enfim, uma boa leitura na certa.

      Beijos
      Vento Literário / Facebook / Twitter

      ResponderExcluir
    2. Oi, Diane!
      Pela capa eu não tinha ficado curiosa, mas depois que comecei a ler algumas resenhas sobre ele, vi que poderia ser uma ótima leitura.
      Sua resenha é mais uma das que me fazem ficar com vontade de ler o mais rápido possível. Mesmo com a quantidade absurda de personagens haha
      Beijinhos,

      Galáxia dos Desejos

      ResponderExcluir
    3. Não sei porquê, mas eu tinha certeza que esse era um livro autobiográfico hahah Descobri esses dias que não tem nada a ver e que, ainda por cima, vai virar filme! Quero muito ler.
      Tudo que Motiva

      ResponderExcluir
    4. Oi
      menina eu já estava curiosa para ler, mas depois da sua resenha fiquei mais ainda interessada, ainda mais porque o enredo me lembra algumas novelas asiáticas que já assisti. Tenho ele e só falta tempo para ler.

      http://momentocrivelli.blogspot.com

      ResponderExcluir
    5. Oi! Tudo bom?
      Esse livro foi muito bom e teve algumas coisinhas muito ruins pra mim, por isso fiquei no meio termo. Acho que o filme vai funcionar muito melhor porque vai dar uma resumida em tooooooooodo aquele bla bla bla com marcas e mansões e carros e vestidos e etc HASUHASUHUHASUHASUHASUHA
      Achei a crítica sobre a sociedade, num total, bem interessante e muito mais bem fundada do que de alguns chick-lits que já li. O autor tem vivência e conseguiu colocar as diferenças e julgamentos e como isso afeta as pessoas que vivem naquele círculo de milionários. Quero ver como vai ficar na adaptação!

      Beijos,
      Denise Flaibam.
      www.queriaestarlendo.com.br

      ResponderExcluir
    6. Oi tudo bem? Não conhecia o livro nem o autor, mas fiquei empolgada sobre o livro, parece bem humorado e gostoso de ler, fiquei super feliz em saber que vai virar filme. Parabéns pela resenha fiquei curiosa sobre o desfecho da história, dica anotada, bjs!

      ResponderExcluir
    7. Oie, tudo bem?!

      Eu já tinha visto algumas pessoas falando desse livro nas redes sociais, mas não tinha me interessado pela obra. Depois dessa sua resenha, já estou cogitando verificar os preços nas livrarias porque a obra parece ser bem divertida. Acho que o lance das descrições deve ser pra mostrar o quão ricos os personagens eram. E fiquei curiosa pra saber como tudo se desenrolou.

      Obrigada pela dica!
      www.procurei-em-sonhos.com

      ResponderExcluir
    8. Primeiramente devo dizer que o livro não possui o título e nem a capa que me chame a atenção, então saber que ele superou suas expectativas. Gosto de sarcasmo, mas assim como você não curto descrições em excesso, realmente deixa cansativo, sem dizer essa quantidade enorme de personagens. Talvez pela despretensão da trama seja uma boa pedida para passar o tempo ou mesmo curar ressacas literárias.

      Abraços.
      https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    9. Oiii Diane

      Essa pegada Gossip Girl do livro me deixa com o pé atrás porque eu não gostei nem um pouco dessa série mas Asiáticos também parece ter um ar mais divertido e original o que pode me fazer amar. Ah não sei, acho que vou arriscar e colocar ele na TBR, vamos ver se vou gostar também.

      Beijos

      www.derepentenoultimolivro.com

      ResponderExcluir
    10. Olá, tudo bem?

      Fui enganada pela capa. hahahah Confesso que tinha visto a capa e o título e logo pensei "Aff deve ser cansativo essa leitura. Deve mostrar o lado "chato" de ser rico e não ter muito o que fazer." E lendo sua resenha, notei que me enganei completamente. Curti a história, e mesmo com suas ressalvas, vou anotar a dica!

      Beijos

      ResponderExcluir
    11. Oi Diane!

      Depois de ler tua resenha fiquei balançada sobre o interesse em relação a esse livro, pois recentemente me desanimei em relação à leitura dele quando li que haviam muitas descrições desnecessárias, era cansativo por tantos personagens, etc...
      Enfim, ótima resenha!
      Vou anotar a dica aqui!

      Beijos
      http://espiraldelivros.blogspot.com/

      ResponderExcluir
    12. Olá Di,
      Eu tenho muita vontade de ler esse livro desde que vi algumas pessoas recebendo a VIB, pois tinha a impressão que o livro era divertido. Fiquei muito contente por você ter aproveitado essa leitura e por confirmar minhas impressões. Eu não tenho dúvidas que vou me divertir lendo esse livro e vou anotar a dica dele, sem dúvidas.
      Beijos,
      https://www.umoceanodehistorias.com/

      ResponderExcluir
    13. Olá, tudo bem? Por mais que veja bastante gente falando bem da história, e vi muita gente recebendo e elogiando, chick-list não funciona comigo, mesmo sendo o mais engraçado possível, por isso passo a dica. Sei que vai ter filme (?) ou algo assim, quem sabe eu comece de modo inverso e acabe lendo depois o livro. Adorei a sua resenha <3
      Beijos,
      http://diariasleituras.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    14. Oie!

      Eu li em algum lugar uma resenha sobre essa obra, e gostei bastante da proposta dela, e agora com a sua resenha fiquei mais curiosa ainda para conhecer de perto essa história que está dando o que falar entre os leitores, espero em breve poder lê-la também!

      Bjss

      ResponderExcluir
    15. Primeira resenha deste livro que eu leio e simplesmente estou encantada, adoro chick lit, me divirto e sempre aprendo algo novo, nem que seja uma boa piada rsrsrs Sua resenha foi detalhista, sem entregar o outro e super me convenceu... Livro incluso na lista!

      ResponderExcluir
    16. Oi Diane, tudo joia? Eu não sabia do que se tratava e estou curiosíssima para ler esse livro. Lembrou-me dos doramas (dramas) asiáticos que amo assistir. Não sabia qeu se tratava de um chick lit e agora estou doida para ler. Gostei muito da resenha, a forma detalhada como você nos contou ajuda a entender do que se trata o livro muito bem.

      Um beijo da Yana,
      Marshmallow Com Café

      ResponderExcluir
    17. Boa noite
      gostei da premissa do livro, mostrando a vida e as intrigas dos ricaços asiáticos. o ponto q me deixou com o pé atras foram essas descrições de cenários e artigos :(

      ResponderExcluir
    18. Não é o estilo que mais gosto na literatura, leio muito pouco, na verdade é coisa rara. kkkk
      Mas deve ser um baita livro para quem gosta, deve ser ótimo para perder horas e horas com sua leitura!

      ResponderExcluir
    19. Ola lindona estou muito curiosa com esse livro, além da capa linda há muitos elogios sobre o tema e escrita. Está ai uma grande oportunidade de sair de minha zona de conforto com um livro muito bem escrito. beijos

      Joyce
      Livros Encantos

      ResponderExcluir