• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 91 : Uma Canção de Ninar



    Título: "Uma Canção de Ninar"
    Autor: Sarah Dessen
    Páginas: 320
    Editora: Seguinte
    Ano: 2016
    Adicione no Skoob

          Sempre tive muita vontade de ler algo da Sarah Dessen, pois, sempre leio algum comentário positivo sobre suas obras e, além disso, a autora é referência no gênero Young Adult que é um tipo de leitura que gosto bastante. Decidi ler Uma Canção de Ninar, porque ele tem uma premissa legal e fiquei curiosa para saber como a autora trabalhou na personagem que não acredita mais no amor.
        O livro traz a história de Remy, uma jovem de personalidade bastante complexa e que enfrenta alguns problemas familiares, como a mãe que já se casou várias vezes e já está indo para o próximo, o irmão que mudou de personalidade após engatar um namoro sério, e o pai que ela nunca conheceu mas lhe deixou uma música que lhe assombra. Dessa forma, Remy acaba desacreditando no amor. Sempre que um cara com quem está saindo se aproxima demais, ela se afasta, antes que fique sério ou ela se machuque. Tanta desilusão não é para menos, afinal, ela cresceu vendo inúmeros casamentos e divórcios de sua mãe.
       Porém, no seu último verão em casa, ela conhece Dexter, um sujeito que é uma mistura de tudo que ela odeia: impulsivo, desajeitado e, o pior de tudo, membro de uma banda, como o pai de Remy — que abandonou a família antes do nascimento da filha, deixando para trás apenas uma música de sucesso sobre ela. Depois, de muita insistência da parte de Dexter, Remy acaba cedendo e se envolvendo com ele, mas, será que Dexter irá conseguir fazer a garota quebrar esse padrão, se envolvendo pra valer?
        A intenção de Remy era apenas viver um último namoro de verão antes de partir para a faculdade, mas parece estar começando a entender aquele sentimento irracional de que falam as canções de amor...
       Uma Canção de Ninar é narrado em primeira pessoa, do ponto de vista da personagem principal, e nesse primeiro contato com a autora posso dizer que fiquei encantada com a escrita de Sarah Dessen, a narrativa é fluída, leve e despretensiosa. Confesso que é uma história sem reviravoltas e surpresas e chega até a ser um pouquinho clichê, mas é o tipo de história que pode acontecer com qualquer um, afinal, quem nunca se desiludiu com alguma questão amorosa? Quantas vezes nos machucamos e deixamos de crer em algo?
       Achei interessante que Sarah Dessen deixa uma mensagem clara, onde percebemos que a vida pode ser cruel e quebrar muitas vezes o coração das pessoas. Remy não se deixava amar, tudo que conheceu e viu do amor a sua volta é que não dava certo, que não durava, que não era real. Precisou muitas voltas do destino e muito amadurecimento para quebrar essa convicção, e deve existir muitas Remys nesse mundo, e muitos Dexters também, a mensagem da narrativa é linda, é sensível, e com seus diálogos espirituosos e engraçados mostra que nunca é tarde para segundas chances.
        Uma Canção de Ninar ainda nos faz refletir sobre relacionamentos fracassados, pais divorciados e ausentes, a incerteza de relacionamentos de uma noite só e beber em excesso. E o modo como algumas coisas na juventude faz a pessoa abrir mão da juventude e se entrega numa vida fria e sem emoções. Sarah é uma autora que fala a mesma língua dos jovens e sabe descrever bem suas angústias, felicidades, amizade, amor e tristezas; colocando em palavras o que se passa dentro dos jovens atuais. E isso, sem dúvida, deixa a leitura muito especial.
         Enfim, Uma canção de Ninar é uma leitura agradável, leve, fluída e envolvente. Um livro que nos fala sobre autoconhecimento, quebra de tabus e preconceitos, dramas pessoais, humor, superação e acima de tudo amor! Super recomendo a leitura...



    21 comentários :

    1. Oie, tudo bom?
      Adorei a capa desse livro desde que vi pela primeira vez.
      E a história parece ser uma delícia de se ler! Com tantos personagens interessantes! E só ouço elogios a essa autora ♥

      ResponderExcluir
    2. Oi, Diane!
      Que resenha kinda, desse livro tão querido por mim.
      Adoro a simplicidade da escrita da Dessen porque apesar de serem narrativa s facéis e histórias clichês mesmo, ela sabe deixar na gente questionamentos acerca das situações.

      Li Uma canção de ninar e amei também.

      Bjão
      Diego, Blog Vida & Letras
      www.blogvidaeletras.blogspot.com

      ResponderExcluir
    3. Ola
      Tambem tenho muita vontade de ler algo da autora, especialmente porque ja li ótimos comentários a respeito de suas obras e assim como desse livro sim. Pelo que pude compreender deve mesmo ser uma leitura bem leve e com mensagens interessantes, além das reflexões que você comentou..
      Beijos, F

      ResponderExcluir
    4. Olá, Diane.
      Eu tenho esse livro aqui na estante, ganhei ele em um sorteio, mas até agora não li. O gênero não é dos meus favoritos. Mas agora lendo sua resenha me deu uma vontade de ler. Isso de desacreditar no amor não é só coisa de jovens não. Tenho dois irmãos divorciados e se você ver eles falando dá até dó. Vou ler ele assim que der.

      Prefácio

      ResponderExcluir
    5. Oi Diane,
      Sabe que tbm tenho bastante curiosidade de ler algum livro da Sarah Dessen? Sempre vejo criticas positivas na blogosfera.
      Uma pena que a estória nao tem muitas reviravoltas, mas as vezes a gente precisa de uma leitura mais leve e despretensiosa né?
      Abraço,
      Alê
      www.alemdacontracapa.blogspot.com

      ResponderExcluir
    6. Oie, tudo bem?
      Estou igual você antes, só ouço coisas maravilhosas sobre a Sarah, e comprei Os bons Segredos e esse Canção de Ninar, mas nunca consegui ler... Depois da sua resenha, acho que vou colocar Canção de Ninar na frente de alguns, já adorei as reflexões que você disse que tem. Já adorei ♥

      ResponderExcluir
    7. Oi Diane!! eu lembro de querer ler quando foi lançado e depois esqueci hehehehehe bom vc ter me lembrado, gosto de livros neste estilo e a autora parece ser muito boa!

      Bjs, Mi

      O que tem na nossa estante

      ResponderExcluir
    8. Oi, tudo bem?
      Esse também foi meu primeiro contato com a escrita da Sarah Dessen e justamente essa fluidez e leveza que você destacou que me fizeram querer ler outros livros dela. Realmente, é um livro sem grandes reviravoltas, mas acho que ela conquista mesmo pela construção dos personagens. Além disso, como você disse, é uma história que pode acontecer com qualquer um, o que eu acho que ajuda a ganhar a empatia do leitor, né?
      Eu adorei esse livro e fiquei muito feliz de ler sua resenha e ver que você também gostou. Ótima resenha!
      Beijos!
      P.S: Nada a ver com o post, mas onde você comprou esse copo lindo que aparece na foto? Fiquei apaixonada por ele hahaha

      ResponderExcluir
    9. Olá
      Essa mulher de uns tempos pra cá tem feito um baita de um sucesso e tenho visto resenhas bem boas sobre as obra. E essa não foi diferente. Tenho sim bastante interessante em conhecer a sua escrita. Dica anotada e até mais ver
      Bjs

      ResponderExcluir
    10. Olá Diane,
      estou louca para ler pelo menos um livro dessa autora, ainda não li nada dele e assim como você já li inúmeros elogios a suas obras e a sua escrita. Ler essa resenha me estimulou a querer ler ainda mais essa histórias que trás tantas lições e reflexões, entendo o ceticismo da protagonista com relação ao amor duradouro, diante das circunstâncias em que foi criada acho natural que ela seja como é.

      Beijos!

      ResponderExcluir
    11. Oie,
      Não conheço a Sarah Dessen e gostei muito da história. Não consegui ver a tela do título com a história, que fala de amor e de como a vida pode ser difícil. Acho que vou deixar passar a dica de leitura por não ser muito fã do gênero Ya com romance.
      Beijos
      Blog Relicário de Papel

      ResponderExcluir
    12. Eu li os Bons Segredos da autora e amei a escrita dela, ela sabe envolver e não é cansativa na história. Tenho este livro também para ler e quer o ler tudo dela agora. Porque ela envolve e mostra como são as coisas de forma simples, né?

      Greice

      Blogando Livros

      ResponderExcluir
    13. Não me lembro de ter ouvido falar dessa obra, mas enfim... Parece ser realmente interessante. O gênero young adult está começando a cair nas minhas graças, até pouco tempo atrás não achava graça alguma,mas decidi insistir e comecei a conhecer bons títulos. Vou anotar aqui essa obra e vê se a encontro em e-book, tomara que sim. Parece ser uma boa obra para sentar, relaxar e não ver mais o tempo passar. Ando mesmo precisando de enredos mais leves. Bexitus!

      ResponderExcluir
    14. Oi oi querida,
      Adorei a resenha. Já ouvi falar tanto nesse livro que até fico com receio de ler e ficar com as expectativas lá em cima, e no final me decepcionar. Amo essa capa, e nem preciso falar que gosto da premissa desse livro porque você já falou tudo nessa resenha maravilhosa. Espero gostar da leitura anto quanto você gostou.

      Bjoss, Enjoy Books

      ResponderExcluir
    15. Oiii tudo bem??

      Estou como você, sempre ouvi falarem bem da autora, mas ainda não peguei nenhum para a leitura. Gostei da sua resenha, e me animei para ler esse livro, apesar de dizer que tem um pouco de clichê, por ser uma leitura leve, não me incomodaria muito, pois as vezes é necessário livros assim, entre um mais pesado e um mais leve.
      Adore Bjus Rafa

      ResponderExcluir
    16. Hey!

      YA's e NA's estão em alta né? Ando ouvindo muito sobre obras do gênero. Não conhecia essa obra e achei a capa super legal, infelizmente não me interessei muito pela leitura apesar da sua resenhar ser muito boa.
      Bjos.

      ResponderExcluir
    17. Eu já ouvi alguns elogios para essa autora com o livro anterior, mas confesso que não o li. Esse pra mim é novidade, ainda não tinha visto ninguém falar dele, mas achei o plot bem interessante, apesar de não ser meu gênero preferido. O bacana que achei foi você dizer que ela conversa bem com o público dela, isso é bom. às vezes o autor escreve bem, mas não alcança o público alvo.

      ;D
      Nelmaliana Oliveira

      ResponderExcluir
    18. Oi
      Toda vez que vejo um livro da Sarah Dessen quero ler também! Rs...
      É uma pena que os sentimentos da protagonista não tenham sido tão bem desenvolvidos, mas mesmo não sendo o melhor livro da autora vou ler.
      Amo obras que falam sobre vários tipos de amor, então a presença disso é um grande atrativo para mim.

      ResponderExcluir
    19. Oie amore,

      Não conhecia o livro até o momento, mas não curti essa capa...
      Mas lendo sua resenha fiquei bem interessada pela história, gostei dos temas que o livro traz, curiosa aqui pra ler.
      Dica anotada!

      Beijokas!!

      ResponderExcluir
    20. Olá!
      Eu não conheço a autora e nem a obra. Achei a capa bem interessante, e a premissa do livro chamou a minha atenção. Eu não sei se amaria a obra, mas definitivamente eu gostaria,ainda mais por ser uma leitura leve e fluída.
      Enfim, muito obrigada pela dica, com certeza eu irei pesquisar mais sobre a obra ❤️
      Um beijo

      ResponderExcluir
    21. Olá, o gênero Young Adult é um gênero ao qual ainda estou me acostumando e tentando consumir mais, mas, por enquanto não acho que essa leitura irá me agradar. De qualquer forma, achei sua resenha muito bem feita, e, meninaaaaa, que blog lindoooo!

      ResponderExcluir