• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 59 : Lembra de Mim?



    Título: "Lembra de Mim?"
    Autor: Sophie Kinsella
    Páginas: 399
    Editora: Record
    Ano: 2012

        Não é novidade pra ninguém que adoro um bom chick-lit, certo? Então, decidi que já era hora de desencalhar Lembra de Mim? da minha estante, ele estava há um tempão parado nela  e como sou fã do gênero, não fazia mais sentido deixá-lo largado por lá. Iniciei a leitura já imaginando que seria uma leitura fluída e divertida, como geralmente são os livros da autora, e Sophie Kinsella fez jus ao seu nome e acertou em cheio mais uma vez.
        O livro traz a história de Lexi, uma personagem com uma vida bem sem graça, um emprego com baixa remuneração, um namorado fracassado e uma família bastante complicada. Porém, sua vida muda quando ela acorda desmemoriada num quarto de hospital e descobre que sua vida está completamente diferente, onde, ela está em forma com um corpo legal, rica, chefe e ainda está casada com um milionário!
       Ao descobrir sua nova situação, Lexi, sente como se todos os seus sonhos tivessem se tornado realidade, porém, as coisas começam a ficar difíceis e nossa protagonista percebe que a vida maravilhosa na verdade não existe: suas amigas não falam mais com ela, ela é uma "chefe-vaca-do-inferno", se sente sozinha no seu apartamento luxuoso, não come mais carboidratos e ainda não se sente á vontade com o próprio marido.

       Dessa forma , Lexi, se vê sufocada pelo que se tornou. Ela não quer mais ser daquele jeito, uma desconhecida para si mesma, e fica imaginado como e por quê tudo mudou. Aos poucos, Lexi junta os quebra cabeças, começando a entender o que aconteceu e tenta consertar sua vida no que diz respeito ao trabalho, suas amigas e seu coração.

       Lembra de Mim? é narrado em primeira pessoa pela protagonista Lexi, logo, podemos conferir todas as suas impressões á respeito de sua nova vida. A narrativa  segue o padrão de  Sophie Kinsella, ou seja, leve, divertida,  envolvente e super fluída. Se tratando de um chick lit, estava esperando um motivo totalmente fútil para a transformação da protagonista, mas, felizmente a autora conseguiu me surpreender e deu uma resolução até que aceitável.
      O romance em si ficou um pouco em segundo plano, justamente pelos conflitos que trazia, já que Lexi não conseguia se lembrar se estava apaixonada ou não quando sofreu o acidente. O final foi um pouquinho frustante, em certo aspecto, mas eu gostei, afinal, amnésia não é tão simples e não pode ser curada da noite para o dia, juntamente com seus dramas que consequentemente vem aliados á ela.
       Sophie Kinsella deixa uma mensagem embutida na história, onde mostra que todas escolhas que fazemos tem suas consequências e nem tudo que aparentemente é bonito e invejável pode ser algo positivo e que acrescente algo realmente bonito em nossas vidas. No livro, encontramos uma Lexi que era uma mulher doce e divertida, mas, após algumas escolhas se tornou uma megera, que se sacrificou tanto física quanto psicologicamente para favorecer outras pessoas.
       Enfim, Lembra de Mim? é mais um chick-lit de qualidade, capaz de envolver, divertir, encantar e até curar ressacas literárias de qualquer um. Se você está á procura de uma leitura leve essa é, sem dúvida, uma aposta certeira.



    16 comentários :

    1. Reli este livro este ano e mais uma vez, fiquei muito presa na história porque é muito original e engraçada. Sophie Kinsella é a uma das melhores escritoras do gênero e adoro todos os seus livros.
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    2. A Sophie Kinsela é diva e muito engraçada né? Acho ela a raiva dos chick lists. Nunca li esse livro dela, mas pretendo ler. Além disso, amo livros que deixam uma mensagem embutida dentro, além dela ser muito engraçada. Dica anotada! Beijos

      ResponderExcluir
    3. Oie!
      Eu até agora só li um livro da autora, e não tive uma boa experiencia com a leitura. mas posso vir a me surpreender com os outros livros, por isso preciso dar uma chance. Vou anotar essa dica.
      bjks!
      Histórias sem Fim

      ResponderExcluir
    4. Oiiii

      Nunca li nada da Sophie e realmente preciso conferir alguma história dela, pq chick lit é um gênero que me chama a atenção, gostoso de ler e essa autora parece ser uma das melhores. Pena que o final não foi aquela coisa memorável, mas mesmo assim achei a premissa bem legal, o tema da amnésia é interessante, eu já li sobre isso porém sempre em thrillers e policiais, e gostaria de conferir como ele é tratado em um livro mais leve.

      Beijos

      unbloglitteraire.blogspot.com.ar

      ResponderExcluir
    5. Nossa, já me recomendaram tantos os livros dessa autora, mas não li nada ainda. Eu não costumo ler muitos chick lits, mas é um gênero que me agrada. Gostei do plot e o fato de trazer uma mensagem é sempre bem bacana. Só não curti muito ser narrado em 1ª pessoa, prefiro livros em 3ª pessoa. mas ok.

      ;D
      Nelmaliana Oliveira

      ResponderExcluir
    6. Oiee, tudo bem? Apesar de ser super mega fã do gênero ainda não li nada da Sophie Kinsella, acredita? Bem, preciso mudar isso e provavelmente começarei por esse, que tem cara de ser super engraçado. E gosto quando as autoras deixam mensagens tão bonitas, e as vezes sobre coisas realmente serias. A Marian Keyes faz isso também e eu amo. Sua resenha ficou ótima <3
      Beijos!

      ResponderExcluir
    7. Olá Di, é bom para curar Ressaca? Já anotei a dica!
      Conheci esse livro através do canal da Aione - que é viciada no gênero. Infelizmente, não tenho o costume de ler Chik-lits, não por não gostar, mas por falta de oportunidade.
      Gostei muito da premissa desse livro e acho que simpatizarei muito com a Lexi. Vou tentar encaixar entre as próximas leituras com certeza.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    8. Oiee ^^
      Eu sou doida para ler os livros da Sophie, mas até agora, ainda não li nenhum. Mas praticamente todos estão na minha listinha de desejados...haha' primeiro porque eu adoro chick-lits (e estou doidinha para ler livros desse gênero), e segundo porque eu sempre vejo coisas maravilhosas sobre as histórias da autora. Saber que o livro te envolveu me deixou mais animada para lê-lo.
      MilkMilks ♥

      ResponderExcluir
    9. Oi, tudo bem?
      Então, o livro me parece a opção ideal para se lê após uma ressaca literária. Vou anotar a dica e adquiri-lo quando puder, tenho certeza que vou adora a obra, já que ela é leve e divertida haha adoro livros assim kkk

      ResponderExcluir
    10. Oi, Diane. Tudo bem?
      Confesso que não conheci nem a autora nem o livro, mas achei a história bacana. Olha, esse não é o tipo de gênero que gosto, mas até fiquei interessado em ler só para saber o motivos e o desfecho que a autora deu para o livro. Não sei, mas, quando eu estava lendo, senti algumas aproximação com o filme De repente 30. Lógico que com algumas diferenças ou melhor várias diferenças, mas com aproximações.No filme, assim com a personagem esse livro acorda depois do seu acidente e não lembra de nada, a protagonista , que deseja ter 30 anos, acorda com os 30 sem saber da sua trajetória até ali. Dessa forma, assim como no livro, a personagem do filme também aprende muito sobre as suas escolhas e percebe que nem sempre o que parece ser legal é o melhor.O filme teve um final feliz e bem floreado. Agora fiquei com vontade de saber mais sobre o livro. Talvez, eu pegue para ler quando tiver um tempo. Achei legal a resenha.Até mais!
      Abraço!

      ResponderExcluir
    11. Olá!
      Me sinto muito de fora por nunca ter lido nada da autora hahaha Adoro Chick-lit e acho que essa seria uma ótima dica para leitura, então gostei muito.
      Beijos.
      http://arsenaldeideiasblog.wordpress.com/

      ResponderExcluir
    12. Oi, Diane!
      Li apenas um livro da Sophie e gostei bastante. Tenho curiosidade de ler os outros livros da autora e esse parece ser bem legal e divertido só não gostei de saber que a autora deixa o romance em segundo plano, eu gosto de acompanhar as histórias de amor e quando isso não acontece acabo perdendo um pouco de interesse na leitura. Mesmo assim vou dar uma chance ao livro. :)

      Beijos,

      Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

      ResponderExcluir
    13. Oi Di!

      Da Sophie eu ainda não li nenhum livro. Mas gostaria de conhecer esse. O fato de Lexi está cansada da vida que vinha levando me faz parecer com ela. Tudo só depende da tomada de escolha e atitude. Ela decidiu ser conhecida! Quero acompanhar tudo o que acontece, mas vou comprar depois que apresentar o meu tcc.

      ResponderExcluir
    14. Olá di, amo a sophie kinsella, uma das minhas autoras favoritas e como você, lembra de mim está empacado aqui a muito tempo e eu nem sei porque, mas assim como você irei tirar ele logo logo da estante, eu acho né KKK, pelo visto o livro é realmente ótimo cmo todos os outros da Sophie, ótima resenha

      ResponderExcluir
    15. Eu também tenho alguns livros encalhados em minha estante. Colocar em dia é uma meta para 2017. Eu não costumo ler muito chick-lit, mas confesso que esse livro me causou ótima impressão. Ainda não li nada da Sophie Kinsella, mas me agrada o fato de ser um livro cuja leitura é leve, divertida, envolvente e fluida. Gostei muito da sua dica! ;)

      Tatiana

      ResponderExcluir
    16. Olá Diane =)
      Já conhecia a autora, os livros dela costuma receber bons comentários. Mas a única história que eu realmente conheço da autora é "Os Delírios de Consumo de Becky" por causa do filme. Ainda quero ler os livros dela.Esse livro me lembro o filme "De repente 30" (ou como o nome do livro 13 Going on 30). Adoro narrativa em primeira pessoa, sinto mais próxima do personagem. Anotei a dica.Beijos'

      ResponderExcluir