• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 41 : Mil dias em Veneza




    Título: "Mil dias em Veneza"
    Autor: Marlena de Blasi
    Páginas: 231
    Editora: Sextante
    Ano: 2010

       Ganhei "Mil dias em Veneza" já faz um tempão, e não sei como não havia realizado a leitura até hoje, visto que, a sinopse promete um conto de fadas real, e como vocês já sabem, eu sou fã de carteirinha de um bom romance. A capa é bem bonita também, e isso não deixa de ser um atrativo.
        O livro traz a história real da autora, Marlena de Blasi, uma mulher que resistiu ir a Veneza por muitos anos, até que em 1989 seu trabalho como Chef e Crítica Gastronômica a obriga a visitar a cidade. Como já era de se esperar, ao botar os pés na cidade ela fica completamente seduzida pelo ambiente, o encantamento foi tão grande que ela decide que visitaria a cidade todos os anos.
        Desde sua primeira visita á Veneza, Marlena, sempre imaginava que estava indo á um encontro, até que em 1993 esse tão inusitado encontro acontece, ela almoçava com alguns amigos quando um garçom se aproximou e lhe disse que havia uma ligação a esperando. Do outro lado da linha estava, Fernando, um veneziano que, um ano antes, vira Marlena passeando pela Piazza San Marco e  se apaixonara a primeira vista. Inicialmente, Marlena, fica receosa como o "estranho", mas, depois de várias investidas ela acaba cedendo ao encanto de Fernando e aceita o convite para um passeio. Alguns meses depois, nossa protagonista, larga toda sua vida nos Estados Unidos e se muda para Veneza já de casamento marcado.

        Mesmo sendo praticamente  estranhos um para o outro e nem entendo a língua do parceiro, eles conseguem separar as diferenças em nome no amor, e Marlena, aos poucos, vai se familiarizando com as peculiaridades da cultura veneziana.
        "Mil dias em Veneza" foi uma leitura bastante complicada , por diversos momentos pensei em abandonar a leitura, mas, como estou evitando abandonos, persisti até chegar na última página. Marlena de Blasi criou uma narrativa muito lenta e arrastada, onde tomou muitas páginas contando algum fato para demostrar algum ponto que até se chegar ao desfecho, você já se esqueceu do que ela estava falando rsrs... O livro ainda fala muito sobre comida e receitas, o que poderia até ser interessante, mas, como não gosto de cozinhar acabou contribuindo para me chatear ainda mais.
        Outro problema que tive durante a leitura foi Fernando, simplesmente não consegui me simpatizar com ele, por muitos momentos achei suas atitudes infantis e egoístas, porém, não posso negar que o italiano dizia coisas muito bonitas. Já o personagem de Marlena, foi a minha salvação para continuar a leitura, ela é uma mulher decidida e que consegue se reinventar em qualquer ambiente, e ainda presenteia o leitor com várias cenas engraçadas de uma estrangeira em um país de cultura diferente.
         Enfim, a história de Marlena e Fernando com certeza é realmente um conto de fadas e também é merecedor de estar nas páginas de um livro, afinal, não é todo dia que você atende uma ligação de um desconhecido e encontra nesse telefonema o amor de sua vida, porém, a autora deveria ter ido direto ao ponto e criado uma leitura mais fluída.
        Infelizmente, não recomendo a leitura pra vocês.



    20 comentários :

    1. Olá Diane,
      Eu comprei e li esse livro faz um bom bom tempo, e não gostei tanto, esperava mais do enredo, ficou faltando algo que me envolvesse a ponto de dizer, que lindo, oh meu deus. Mas é válido pelos lugares citados durante o decorrer da obra. Como falastes na resenha, a escrita é bem arrastada, tem que ter paciência. Beijos.

      ResponderExcluir
    2. Oi, tudo bem? Não conhecia o livro ainda. É uma pena que o livro tenha te decepcionado, é muito ruim quando isso acontece... Parabéns pela sinceridade na resenha!

      Beijos,
      Duas Livreiras

      ResponderExcluir
    3. Olá, Diane.
      Eu já tinha visto esse livro antes e não em interessei por ele. Geralmente prefiro ler ficção. E agora lendo o que você falou sobre a história, a minha vontade de não ler só aumentou.

      Blog Prefácio

      ResponderExcluir
    4. Oi
      nem conhecia o livro, mas nem se se leria ele, mas me chamou a atenção por ser uma história real e pelo que falou ser tipo um conto de fadas.

      momentocrivelli.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    5. Oi Diane.

      Também ando evitando abandonos nas leituras e este livro não despertou interesse, mesmo você citando que é uma história real, pois eu gosto de histórias reais. Ainda bem que você foi bem sincera na sua resenha, pois pelo título e a capa, eu daria uma chance.

      Bjos

      ResponderExcluir
    6. Oiii, tudo bem?
      Que encanto esse livro, fiquei completamente apaixonada e louquinha para ler o quanto antes, a sua resenha foi maravilhosa <3 só despertou meu interesse.
      Beijão

      ResponderExcluir
    7. Oi, Diane! Já tinha visto o livro, mas nunca tive vontade de ler. Tem autores que divagam tanto que perdem o rumo e fazem a gente se perder junto! Rs... Pena que não foi uma boa leitura, é sempre chato quando um livro decepciona a gente.

      Beijos, Entre Aspas

      ResponderExcluir
    8. Oi, Di, tudo bem?

      Que pena que a leitura foi ruim pra você! Detesto narrativas arrastadas! Eu mal tenho tempo pra ler, então quando pego um livro assim fico muito pau da vida, pois a leitura não flui!
      Eu também evito abandonos. Sabia que até hoje só abandonei dois livros? Desde que eu me entendo por gente e que comecei a ler mesmo, sempre, abandonei apenas "Romeu e Julieta" e "Dezesseis Luas"!

      Beijo
      - Tami
      http://www.meuepilogo.com

      ResponderExcluir
    9. Menina, jurava que você ia gostar do livro, super fiquei com essa impressão ao começar a resenha!
      Achei super estranho o cara ligar pra ela assim do nada, tipo, como ele sabia que ela tava lá? Tava perseguindo ela? Virou stalker? hahahah
      A história me pareceu muito conto de fadas mesmo, daqueles que não acontecem. Enfim, vou seguir sua recomendação e não lerei.
      beijo

      ResponderExcluir
    10. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    11. Eu, Dii!!!
      Só em ser em Veneza já super chama minha atenção!
      Acredito que já vi esse livro por aí, mas acho que nunca parei para ler nada sobre.
      Uma pena você não ter gostado, eu achei bacana a premissa, acho que ainda tenho coragem de dar uma chance pra ele rs

      Beijinhos :*
      Sankas Books

      ResponderExcluir
    12. Bem, leituras arrastadas, são complicadas, eu particularmente não gosto de livros que demoram para engrenar, mas também não curto algo muito rápido, pois dá a impressão que foi feito as pressas e pouco desenvolvido, acredito que a chave seja o meio termo, para deixar o leitor interessado e envolvido. A história em si, eu gostei, seria um livro que eu até leria, mas os pontos negativos na resenha, me deixou com pé atrás, então irei passar, pois de livros arrastados, prefiro distancia, pois me frusta muito também.

      Da Imaginação à Escrita

      ResponderExcluir
    13. Oi, Di!
      Mirmã, comigo não tem dessa mais de persisti numa leitura que não rende. Eu abandono e parto pra outra...
      Beijos
      Balaio de Babados

      ResponderExcluir
    14. Oiii!!

      Eu não conhecia esse livro não, mas achei o enredo ótimo sabe? Bem trabalhado e mesmo com alguns pontos que você não se simpatizou, eu achei interessante.
      Acho muito ruim quando não nos simpatizamos por um personagem ou outro, mas é normal né?

      Dica anotada! Beijinhos

      ResponderExcluir
    15. Oi, Diane! Tudo bem? Socorro, se tem uma coisa que detesto é livros arrastados. Me dá um sono tão grande quando pego livros assim rsrsrs Mas enfim, gostei dessa capa! :)

      Abraço

      http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    16. Oii!
      Eu também não gosto de abandonar as leituras, por isso nem vou iniciar essa, pois não gostei muito do enredo, e sua opinião contribuiu a isso, rsrs. Não gosto de leituras que não fluem, então vou passar longe.
      beijos
      www.apenasumvicio.com

      ResponderExcluir
    17. Di, quem é que gosta de leitura arrastada? Estou para ver. Não suporto.
      Uma pena que o livro é ruim, sempre é decepcionante isso.
      Eu demoro a abandonar um livro, apenas em último caso, mas evito ao máximo. Vai que melhora, né. Infelizmente não foi com esse.

      http://revelandosentimentos.blogspot.com.br - Top Comentarista com 2 livros para o vencedor. Participe!

      ResponderExcluir
    18. Olá! Adoro ler as impressões de outros leitores sobre livros que eu já li. Eu adorei o livro e confesso que, lendo suas impressões, não tiro sua razão, vou explicar o motivo. Eu também não consegui engolir Fernando, mas deixei pra lá, tendo em vista que a personagem principal para mim foi o tempo todo interessante, suas histórias eram engraçadas, ela estava sempre animada e bem disposta. Procurei levar como lição o tipo de vida que ela leva, sempre bem humorada e muito persistente na relação.
      Que pena você não ter gostado.
      Beijos!

      Karla Samira
      http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    19. Olá Diane,

      ainda não conhecia essa obra, é muito ruim quando nos decepcionamos com a leitura e infelizmente esse foi o seu caso com o livro. Não gosto de leituras arrastadas, mas mesmo assim me esforço para terminar a leitura. Achei a capa legal. Que sua próxima leitura seja agradável. Bjusss
      www.sagaliteraria.com.br

      ResponderExcluir