• Home
  • |
  • Sobre Mim
  • |
  • Resenhas
  • |
  • Promoções
  • |
  • Parceiros
  • |
  • Contato
  • Resenha # 40 : Martini Seco




    Título: "Martini Seco"
    Autor: Fernando Sabino
    Páginas: 64
    Editora: Ática
    Ano: 1996 (1ª ed. 1987)

        Recentemente passei por uma ressaca literária, e para o meu azar, não consegui iniciar leitura alguma, então, fui a Biblioteca Municipal de minha cidade em busca de alguma obra que me despertasse interesse. Depois, de quase uma hora vasculhando o acervo da biblioteca encontrei "Martini Seco", um livro fininho, mas que prometia uma bela história policial recheada de bom humor e de final surpreendente, logo, ele foi o escolhido, e além de me proporcionar uma leitura agradável ele ainda curou a minha ressaca.
         A história se inicia quando um casal entra num bar, sentam-se na mesa e pedem dois martinis. Logo em seguida a mulher, Carmem, vai ao telefone e o homem, Amadeu, ao toalete, quando retornam, Carmem toma a sua bebida e cai morta no chão. No meio do caos, a polícia chega e se inicia a investigação, de início, pensam ser suicídio, pois, foi encontrado uma dose mortal de estricnina na bebida da mulher, mas, ao desenrolar dos fatos o marido, Amadeu, se torna o principal suspeito, chegando até a ser preso, porém, não encontraram nenhuma prova e ele foi absolvido da acusação.

         Cinco anos depois, Maria, segunda esposa de Amadeu Miraglia, vai a delegacia apresentar queixa contra o marido, alegando que ele pretende a envenenar, como fez com a outra. Por sua vez, Amadeu nega tudo no interrogatório e acrescenta ainda que Maria pretende se suicidar para botar a culpa nele. Para se decidir de quem diz a verdade, o comissário, decide fazer uma reconstituição do que aconteceu cinco anos atrás, e assim, começa a trama policial de "Martini Seco", onde várias hipóteses são levantadas a fim de encerrar o caso Miraglia.
      "Martini Seco" é um livro que pode muito bem ser lido em apenas uma hora, mas, isso não o deixa menos digno, pelo contrário, achei fantástica a forma que o autor conduziu a história, mesclando comédia com o romance policial clichê. Quando iniciei a leitura ouvi muitos comentários sobre o final, e na minha humilde opinião, achei tão inusitado e tão surpreendente que ainda não consegui decidir se gostei ou não dele.
       Durante a leitura é impossível não criar hipóteses do que aconteceu no bar: Amadeu matou Carmem? Carmem tentou matar Amadeu, mas morreu por engano? Será que o garçom tem culpa? Taças Trocadas? Enfim... Todo esse suspense criado por Fernando Sabino me agradou muito, tanto que fiquei presa á história do início ao fim e só larguei o livro quando cheguei na última página.
       "Martini Seco" é mais um exemplo de livros policiais no estilo quebra cabeça, onde naturalmente imaginamos mil e uma possibilidades de desfecho. E se você quer saber quem matou Carmem  e se Maria é realmente uma vítima... Vá ler o livro!
        Leitura mais que recomendada!



    25 comentários :

    1. As vezes também sinto ressaca literária! A história parece ser bem interessante!
      Adorei seu blog, já estou seguindo! segue o meu?
      Beijos
      http://palavrass-ao-vento.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. As vezes também sinto ressaca literária! A história parece ser bem interessante!
      Adorei seu blog, já estou seguindo! segue o meu?
      Beijos
      http://palavrass-ao-vento.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Oi Diane, muito ruim essa parada de ressaca, né?! Esse mês estou bem lenta, rsrs..
      Mas que bom que conseguiu achar este livro, adoro um Martini e fiquei curiosa!!

      Beijos Mila
      Daily of Books

      ResponderExcluir
    4. Olá, Diane.
      Me interessei muito pelo livro. Essa é a primeira resenha que leio dele, mas me pareceu ser daqueles que a gente não consegue largar enquanto não descobre o que realmente aconteceu. Eu aqui já fiquei na curiosidade, imagine lendo então. Acho que esse ai é um dos livros que eu lerei o final antes hehe.

      Blog Prefácio

      ResponderExcluir
    5. Oi, tudo bem? Não conhecia o livro, mas sua resenha me deixou bem interessada nele. Gosto de livros assim, onde ao longo da leitura, começamos a "investigar" o que pode ter acontecido.

      Beijos,
      Duas Livreiras

      ResponderExcluir
    6. Me parece uma trama bem elaborada daquelas cheias de reviravoltas. Isso já me conquista, amo livro que não dou nada por ele e de repente não consigo largar.
      Sua resenha me deixou curiosa.
      Beijo

      www.tecontopoesia.com

      ResponderExcluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    8. Oi Diane!
      Ressacas literárias são curadas com as coisas que a gente menos espera, né?
      Estricnina é tão Agatha Christie <3
      Faz muito tempo que não leio um livro que me faz ficar elaborando teorias durante a leitura. É ótimo quando isso acontece.
      Beijos,
      alemdacontracapa.blogspot.com

      ResponderExcluir
    9. Se eu fosse passar por esse livro antes de ler essa resenha, eu não o leria. Mas olhando por agora, fiquei muito intrigado para saber o desfecho dessa história! ueheueuhe

      Abraços,

      Blog Decidindo-se \o/

      ResponderExcluir
    10. Oi, Diane! Tudo bem? Ainda não conhecia o livro, mas adorei conhecê-lo. Essa premissa é ótima e seus comentários conseguiram me deixar curioso para conferir a obra! :)

      Abraço

      http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    11. Você falou de algo que não faço há muito tempo, visitar a biblioteca. Adorava fazer isso. O livro que você escolheu, eu não conhecia, mas o título é curioso. Esse negócio de Carmem tomar a bebida e morrer é bem maluco. Eu gostei muito do enredo, diferente e me parece cheio de mistério.

      ResponderExcluir
    12. Oi, Diane! Nunca li nada do Sabino (que vergonha!) e não conhecia o livro. Gostei bastante! Gosto de histórias policiais nesse estilo. Fiquei curiosa quanto ao final!!

      Beijos, Entre Aspas

      ResponderExcluir
    13. Oi Diane,
      Eu ainda não li nada do autor, mas adorei a proposta desse livro.
      Gosto dos policiais e ainda mais com pitada de humor.
      Fiquei me roendo aqui para saber quem era o culpado...e se a esposa atual não estava inventando. Ótima resenha. Queria uma biblioteca aqui perto, para vasculhar assim -.-

      P.S.: Obrigada pelo apoio lá na postagem. Bastante gente acha que blogar é besteira, mas só quem faz sabe como é e o carinho que acaba gerando. Mas, infelizmente, como qualquer 'trabalho' tem alguém tentando te provocar tropeços.

      Obrigada ♥
      beijos
      Nana - Obsession Valley

      ResponderExcluir
    14. OI Diane, sua linda, tudo bem?
      Adoro bancar a detetive, pois adoro histórias policias com crimes a serem desvendados. Eu vou dar meu palpite: a taça foi trocada, ela não era o alvo!!! Como sei que você não irá me contar se acertei, terei que ler para descobrir, risos... Não conhecia esse livro, mas não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
      beijinhos.
      cila.
      http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    15. Oi
      nem conhecia o livro, mas que bom que ele te tirou da ressaca literária e que gostou da leitura, a história realmente parece ser envolvente, além disso um bom livro Policial cai bem.

      momentocrivelli.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    16. Oi Diane, essa parece ser uma história cheia de mistérios, confesso que já ouvi falar muito sobre o autor mas nunca li nada dele. Martini Seco parece ser uma boa história para começar, vou procurar por ele na livraria daqui, adorei a dica

      ResponderExcluir
    17. Oiii Diane, tudo bem?
      Eu me encantei por esse livro, por mais que não conheça e nunca li nada, realmente me deixou bem animada por poder ser lido tão rapidamente. Vou esperar uma promoção ahaha
      Beijinhos

      ResponderExcluir
    18. Olá, Diane.
      Martini Seco é o tipo de livro que eu amo. Adoro enredos policiais no melhor estilo quebra-cabeça. Então, obviamente, fiquei interessado.
      Excelente dica!

      Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

      ResponderExcluir
    19. Oi, Diane!
      Menina que história intrigante! Já quero ler, como assim não conhecia?
      Eu já lio Sabino na época de escola, foi o"O menino no espelho", se não me engano. Agora quero ler esse - que por sinal se dependesse da capa desse livro não ia ler mesmo.

      Bjão.
      Diego, Blog Vida & Letras
      www.blogvidaeletras.blogspot.com

      ResponderExcluir
    20. Gente, eu amooo romance policial, mas confesso que não sabia dessa obra. Achei a premissa intrigante, fiquei ansiosa para descobrir se o cara é culpado ou não. Acho que ele pode ser, não teria porque a segunda mulher o culpar por querer fazer o mesmo assim do nada. Mas será? rsrs
      beijos
      www.apenasumvicio.com

      ResponderExcluir
    21. Oi Diane, tudo bem?
      Também estava sofrendo com uma ressaca literária, mas ainda bem que consegui sair. Não conhecia “Martíni Seco”, mas eu adoro romance policial e toda essa parte de investigação e tal. Legal que posso ler rápido, mas mesmo assim amar a história. Dica anotada.

      Beijos,
      www.leitorasempre.com

      ResponderExcluir
    22. Oi, Diane!
      Eu adorei conhecer um pouco sobre esse livro. Adoro, adoro mistérios e tentativas de descobrir o que aconteceu ou não.
      Sua ida à biblioteca proporcionou uma cura e uma ótima descoberta, pelo visto.
      Adorei a resenha!

      ResponderExcluir
    23. Olá minha flor!!! Quando passo por essas ressacas literárias também gosto de buscar algo fora da zona de conforto. E dá certo. Vejo que com você o efeito foi o mesmo. Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas gostei bastante. Fiquei muito curiosa por esse final inesperado. ^^ Quero ler!!
      Tenha um ótima começo de semana.
      Beijos,
      Monólogo de Julieta

      ResponderExcluir
    24. Este comentário foi removido pelo autor.

      ResponderExcluir
    25. Oi Diane!
      Me interessei por essa história, através de sua resenha! Fiquei curiosa para saber quem matou Carmen e vou seguir seu conselho: adicionei à minha lista de leitura.
      Eu também já tive esse tipo de ressaca literária e te achei muito sábia ao pegar um livro policial para ler em seguida. Por ser intrigante, acho que só esse tipo mesmo para nos prender à leitura novamente...
      Beijos!

      Karla Samira
      http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir